Sexta-feira Santa da Paixão e da emoção em Lages

0
893

São fotografias, mas para se aproximar da arte que os atores demonstraram nas apresentações no Morro da Cruz, você pode considerar os registros de Zé Rabelo também obras de arte. Com olhar atento no espetáculo que encenou a Paixão e Morte de Cristo, o fotógrafo colheu expressões que transmitem emoção e fé. Observe:

Dor, resignação: “Os soldados, tendo tecido uma coroa de espinhos, puseram-lha na cabeça e vestiram-no com um manto de púrpura; chegavam-se a ele e diziam: Salve, Rei dos judeus! e davam-lhe bofetadas”.

Durante os atos da manhã de Sexta-feira Santa uma garoa breve e fina captada nesta imagem contrastou com personagens e paisagens nos altos do Morro da Cruz

Um Jesus Cristo crucificado num simbolismo que retrata o Filho de Deus que morreu por todos nós com um céu sem cor ao fundo

A sequência da encenação com a retirada de Cristo da Cruz, num realismo impressionante…

Depois de José de Arimateia retirar Jesus da cruz (com autorização de Pilatos), o corpo é entregue a Maria…

Tudo observado atentamente por uma multidão que quase se misturava ao grupo de atores que se revezavam na apresentação…

Com o diretor geral do espetáculo Neto Arruda concentrado e atento com a encenação que se repetiu durante duas vezes na Sexta-feira Santa e vem acontecendo faz 17 anos em Lages!


Imagens: Zé Rabelo

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here