Odebrecht: Colombo fala sobre a delação Odebrecht

1
2215

Antes de participar de audiência na Secretaria do Tesouro Nacional, na tarde desta terça-feira, 18, o governador Raimundo Colombo falou pela primeira vez sobre as acusações por parte de executivos da Odebrecht:

“Nós vamos esclarecer todos os fatos, ponto por ponto, e vamos continuar nosso trabalho com muita fé, com muita coragem, para Santa Catarina se desenvolver e continuar enfrentando a crise com sucesso e vencendo as dificuldades”.


MOMENTO DE DOR

“É um momento difícil, de dor e sofrimento, mas a gente precisa ter força, aumentar a nossa fé, para continuar prestando serviço. Até porque a vida dos trabalhadores continua e eles precisam que a gente cumpra o nosso dever perante a gestão pública. Vamos continuar trabalhando até o último dia para realizar o melhor trabalho e com a mesma intensidade”.


‘NÃO HÁ DESONRA NISSO’

Colombo ressaltou que ainda não tinha acesso ao processo, portanto não conhecia as informações oficiais da acusação. Um advogado contratado pelo governador já está acompanhando os trâmites legais. Mas somente se a denúncia não for arquivada e o STJ decidir abrir o inquérito para investigação, o governador poderá fazer uma defesa formal para qualquer acusação apresentada:

“Se houver abertura de inquérito, não há desonra nisso. Vamos esclarecer os fatos, levar toda a contraprova, levar todos os nossos argumentos. Eu não sei como é que isso vai tramitar, mas eu estou à inteira disposição para esclarecer todos os fatos como é do meu dever e farei isso”.


NADA COM A ODEBRECHET

O governador explicou que chegou a encontrar executivos a Odebrecht, uma vez em um aeroporto em São Paulo, e outras em reuniões com outros empresários e representantes do governo catarinense em Florianópolis:

“O Governo do Estado recebeu centenas de empresas, do Brasil e do exterior, e todas foram bem recebidas. Sempre estávamos acompanhados de mais gente do governo para tratar de assuntos que fossem importantes, e tivemos sucesso em muitos dessas reuniões. A Odebrecht era uma das maiores empresas do Brasil e o fato de recebê-las era um ato absolutamente normal e praticado pelo governo com todas as outras, inclusive do próprio setor. O mais importante de tudo é que o Governo do Estado não vendeu nenhuma ação da Casan para a Odebrecht, não tem contrato com a Odebrecht, não realizou nenhum pagamento para eles”.


SOBRE A CASAN

Em relação ao interesse da Odebrecht pela Casan, o governador voltou a afirmar que nunca houve qualquer negociação no sentido de vender a estatal catarinense para o grupo empresarial. Quando assumiu o primeiro mandato como governador, chegou-se a criar uma lei prevendo que qualquer processo venda da estatal deveria ocorrer obrigatoriamente por leilão na bolsa, o que evitaria qualquer tipo de favorecimento. No entanto, diante de significativas dívidas trabalhistas e previdenciárias da Casan registradas na época, o Governo do Estado descartou a possibilidade de venda.

Colombo falando a jornalistas em Brasília sobre as questões relacionadas à Odebrecht

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Por mais motivos que tenha para comemorar, caso seja provado esta gravíssima delação (provada de de fato e não por domínio de fato, como fazem os canalhas que usam toga e desrespeitam princípios constitucionais), só soltarei meus foguetes (e sem pedir autorização para ninguém… Viu vereador Bruno… num ato prazeroso de desobediência civil, como uma ação de resistência a imbecilidade de algumas leis).. quando o devido processo de apuração for concluído (se é que vai ser) e não ficar duvidas de que a Justiça triunfou…

    Ao contrário dos insanos que entram em êxtase e devaneios de intensa crueldade, quando alguém de quem não são simpáticos é acusado… esperarei pacientemente o desenrolar dos inquéritos… mesmo que levem 20 anos ( a exemplo de outros tantos que dormem nas empoeiradas gavetas do STJ catarinense, a espera que o tempo as prescrevam, e a santa imagem do Colombo não se macule)…

    Quanto ódio.. pensarão alguns… rsrsrs não…. não é nenhum ódio… ate porque conheço quase nada do Colombo… Trata-se de uma grande alegria, por ver… em vida… que a verdade sempre triunfará… e que as hipocrisias serão desmascaradas.. E convenhamos ha uma rede de hipocrisias ao redor do Colombo, e do mito Colombo, tão vasta, emaranha e extensa, que já se perdeu a noção do que é real…

    São tantos bajuladores, interesseiros, vivaldinos, espertalhões, incompetentes bem falantes, e mentes decrépitas e sem nenhuma ética, envolvida nesse emaranhado, e há tanto empo… que esta simples… e muito improvável… possibilidade de desmanchar.. ainda que um pequeno pedaço desta intrincada teia de tantos e tantos interesses.. me alegra imensamente…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here