Sem convênio: CAV para de fazer exames de DNA

0
1116

Na tarde desta terça-feira (18), o laboratório do CAV/UDESC deixou de receber o malote remetido para análises de DNA. O Instituto Paternidade Responsável é quem fazia a logística dos testes repassada pela Comarca de Lages, oriundos das Comarcas de Santa Catarina. Os exames pararam em Lages, pelo fato da Secretaria de Estado da Saúde não renovar o convênio 36/2007 que expirou em 11/04/17. “Quem perde é a população que não tem condições de pagar pela realização do exame particular”, diz a presidente do IPR, Rita Medeiros.

O comunicado da suspensão das atividades por causa da Secretaria de Estado da Saúde


IDEIA DA DIMENSÃO DO TRABALHO:

MAIS DE 13 MIL LAUDOS DE DNA

Nestes 10 anos de convênio 17.355 kits foram enviados para as Comarcas. Destes, já atendeu cerca de, 14.191 casos. Ao todo 13.763 laudos foram entregues.


CONVÊNIO COM VÁRIOS ENTES

O Tribunal de Justiça firmou o Convênio nº 36 de 12 de abril de 2007 com o MP de Santa Catarina – Procuradoria-Geral de Justiça; a Secretaria de Estado da Saúde; o Conselho de Secretarias Municipais de Saúde do Estado de Santa Catarina – COSEMS/SC; a UDESC; a FIEPE/CAV e o Instituto Paternidade Responsável, visando estabelecer parceria para a realização dos exames de DNA para o reconhecimento de paternidade nos procedimentos administrativos e judiciais em que fique comprovada a hipossuficiência de recursos das partes.

Colaboradores do Instituto Paternidade Responsável sem essa parceria que durou 10 anos com o CAV-UDESC de Lages

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here