Aposentadoria: “Outros vão trabalhar até morrer”

0
673

A presidente do Simproel de Lages, a entidade que representa os profissionais da Educação que atuam no magistério municipal, a professora Elaine Moraes, resume a revolta com o primeiro passo dado na Câmara dos Deputados pela aprovação da Reforma da Previdência:

“Esse projeto já deveria ter sido rejeitado na Comissão. Não poderia nem seguir adiante. Alguns terão o direito de descansar um dia. Outros vão trabalhar até morrer. O que estão fazendo com o nosso País? E ainda se dizem representantes do povo”.

Professora Elaine Moraes que comanda o Simproel e a revolta pela aprovação em comissão da Câmara dos Deputados do texto base da Reforma da Previdência que, entre outras perversidades, prevê que homens se aposentarão antes dos 65 anos e mulheres somente aos 62 anos.

Este é o ‘laboratório de maldades’, a comissão por ande passou o projeto de reforma previdenciária nesta quarta-feira, 03


VOTARAM CONTRA

As siglas PT, PSB, PDT, SD, PCdoB, PHS, Psol, Pros e Rede encaminharam voto contrário ao projeto.


E QUANDO FOR A PLENÁRIO…

Depois de passar por comissão o projeto deverá ir a plenário. Daí o suspense sobre como se comportarão os parlamentares de SC. No caso da deputada Carmen Zanotto, por exemplo, é uma situação interessante. Deputado Artur Maia é do mesmo PPS de Carmen e é o relator do projeto. Ela votará contra o projeto cujo relator é de seu partido?

Carmen Zanotto votou contra a reforma trabalhista. E na hora da reforma previdenciária, que é bem mais perversa, qual será seu posicionamento?

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here