Um retrato que parece pintura de Lages

4
4257

A sensibilidade fotográfica e a paixão pela paróquia de Adailton Camargo retrataram essa paisagem que parece pintura de Lages. O registro emplacou até na página Santa e Bela Catarina do Instagran. Onde alguns só veem um Rio Carahá poluído, o Adailton viu esse belo contraste!

COMPARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Obrigado Edson Varela e João Carlos Matias pelo comentário… Comecei há uma semanas atrás a divulgar as imagens de Lages pelo Instragran e por incrível que pareça, estão fazendo o maior sucesso, pois fotógrafos famosos e profissionais, que possuem fotos incríveis, estão me seguindo, espalhados pelo mundo todo, desde China, Japão, Rússia, EUA, Emirados Árabes, África, dentre outros… E muitas agências de viagens então seguindo as imagens… Sinal que nossas belezas podem e devem ser exploradas pelo turismo. Grande abraço e fico muito feliz pelo reconhecimento do trabalho que faço com tanto carinho, com uma câmera semi-profissional, um bike e um amor incondicional por estes pagos.

  2. Ainda bem que possuímos artistas em Lages, imagine se a nossa paróquia ostentasse só políticos, estaríamos ferrados e mal pagos. Seriedades a parte, e já tenho comentado isso em Facebook e alguns comentários que não são publicados devidamente nos blogs, nossos valores culturais, intelectuais, escritores e formadores de opiniões estão indo embora e não vejo atrás, estes espaços serem preenchidos ´pelos jovens que nesta modernidade sabem muioto bem manipular as tecnologias informativas, as redes sociais e a internet nos tiraram das visitas as livrarias e da compra dos livros que tanto formavam nossa personalidade. hoje o que temos, Bolsonaro, Frota, Janaína, Olavo de Carvalho, Reinaldo de Azevedo e em Lages pouca coisa para ser aproveitada, nos contentamos com o lixo da internet e a fábrica de casuísmos e as loucuras de um Temer decrépito e corrupto permeia nosso sono. Por isso o que seria algo de normal em Lages se reveste de algo grandioso, como Matias e Adailtom, realizam suas ações culturais de destaque, não vejo uma inquietude perene na cidade que nos tire do ostracismo óbvio e do senso comum costumeiro, uma prefeitura que não faz nem o mínimo se preocupando com o fator eleitoreiro a curto prazo e a orfandade do lageano sendo cada vez mais ampliada. O que, em outras regiões se faz com altruísmo, aqui temos que fazer com dinheiro. O jornalista Névio Fernandes um dia me fez uma pergunta assaz inglória, porque nossas instituições beneméritas e assistenciais estão fechando, meio lúgubre respondo, ao neo liberalismo moderno não interessa cultura e nem o social, mas damos tudo ao especulador, que não investe em cultura e muito menos no social.

  3. Realmente, bela foto do nosso Carahá. Eu costumava andar pela sua margem e também visualizada seu lado bonito, apesar da poluição e desrespeito das pessoas que nele jogam de tudo, parabéns ao fotógrafo!
    Julieta W. Sampaio

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here