Varejo: Lojistas lageanos na Convenção da FCDL

7
664

Lojistas de Lages ligados à CDL participaram da 47ª Convenção Estadual do Comércio Lojista de Santa Catarina. Cerca de mil empresários do setor de todo Estado participaram do evento no Resort Costão do Santinho,  em Florianópolis. “Inovando para vencer” foi o tema do encontro que terminou no sábado.


TIME DE CONFERENCISTAS

Eliane Cantanhêde, jornalista e comentarista do jornal O Estado de São Paulo e do canal Globonews abordou o cenário econômico e político; Martin Spier, engenheiro do time de performance da Netflix tratou da cultura da inovação. Marcos Gouvêa, Dado Schneider e Caroline Giordani também foram palestrantes.

 Empresário Valdir Della Giustina (em pé à esquerda) que representa a FCDL na Serra recebeu homenagem pela atuação. No registro Della Giustina com a comitiva lageana presente ao evento da quinta ao sábado

Imagem: Claine Andrade



RUI ALVACIR ESCREVE

NUM COMENTÁRIO

“Você também não é, nunca foi e nem será um inocente. Aliás, vocês dois são frutas podrérrimas do mesmo pé”. A referência é a um deputado e uma liderança política catarinense. Em outro comentário ele aponta: “Você não é, nunca foi, nem nunca será um inocente. Para com isso. Você sabe muito bem de que lixo você é feito. (e por favor Edson… pare de censurar e bloquear meus comentários)”.


ENTÃO RUI E OUTROS

QUE ESCREVEM AQUI

Por muito menos que um comentário desses, onde você, meu respeitado amigo assume a função judiciária e condena os viventes e chama o outro de lixo, acabamos recentemente respondendo um TC – Termo Circunstanciado por conta de comentário de um internauta (Que por sinal sumiu. Onde anda Bruno Ricardo?) Logo, a gente não pode ser transmissor de ataque, cujo conteúdo caracterize – em tese – crime. Assim, a maioria dos comentários – que não são poucos – tem caído no filtro e tocamos a vidinha. Criticar nos limites da lei (sem termos que caracterizem crime) faz parte da democracia. Mas o excesso é punível. Logo…!

COMPARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Sim, as vezes o excesso vem em golfadas e é uma característica nossa de seres humanos a revolta e a amostragem para a posteridade disso, particularmente as vezes reclamo deste filtro mais rigoroso, mas indubitavelmente nem a internet e os blogs estão livres de uma sacudidela da lei. Em relação a censura dos blogs, risonho, lembro de nosso ícone Chico Buarque que para ludibriar a Ditadura compunha músicas com temas sociais subjetivos e a fórmula dava certo, particularmente ainda não tentei isso. O mundo é impiedoso, assistimos a esta enchente de escandalos, não de tostões, mas de milhões e temos que ser honestos perante isso, com certeza a indignação é a nossa arma. E os blogueiros funcionam como válvula de escape para nós pobres mortais e a brabeza por não ter um comentário publicado é como um filho abortado.

    • É possível ludibriar uma ditadura capitalista com músicas, já na comunista, não faz sentido compor, pois ninguém tem rádio, os poucos que o possuem, ficam escutando o programa do governo (porque não há outra coisa) kkkk.

      Altíssima produção cultural! Veja bem, uma ditadura capitalista produz muito mais culturalmente do que uma comunista. Até nisso o capitalismo se sai melhor. kkkk

      Aproveitando véi, não foi teu partido o apoiador do tal Marco Civil da internet?

      • Paulo, com certeza você andou lendo VEJA de novo, a ditadura militar não foi capitalista, ditaduras capitalistas a população é pobre e não consom,em cultura, a ditadura comunista, há um nível igualitário de vida pata todos, veja a Coreia do Norte, possui tudo que a do sul tem e a cultura é maior. Você só trocou as bolas, mas lendo um pouco mais, vai convir que estou certo.

        • “a ditadura militar não foi capitalista” – É muito dolorido isso, mas, positivismo não é sistema econômico.

          Muito (mas muito) mais dolorido ler essa: “Veja a Coreia do Norte, possui tudo que a do sul tem e a cultura é maior” – Sua frase poderia virar meme. Só consigo dizer:

          Virgem Maria Mãe de Deus.

          Ômi du céu, a Coreia do Norte e URSS não são os melhores exemplos pra quem quer defender o comunismo, faz como os mais experientes, nega aquilo, diz que se perderam nas doutrinas de Marx e tals, que Stalin e amigos eram revisionistas…

  2. Em seu facebook o jornalista Névio Fernandes, coloca com propriedade de que nos idos anos 50, quanmdo havia alguma reunião lojista na Capital, a saida da degação e a chegada na cidade de Lages era revestida de grande foguetório e desfiles, talves pela importância de se ir na capital, as estradas aonde se demorava muito as viagens e a importância do evento, hoje em uma sonolenta modernidade esses eventos só interessam aos envolvidos no comércio e olha lá.

  3. Finalizando, a brabeza em não ter um comentário publicado, na verdade, só se consolida no íntimo, pela admiração e a importância que os blogs possuem na atualidade, são os porta vozes da liberdade de expressão e a representação da boca dos leitores, por isso esta ânsia em vermos nossos comentários publicados, debatidos, criticados e postos ao julgamento popular só retrata o amplo mercado que os blogs abocanham e a emissão do que o leitor realmente tem por pensamento, seja sem noção, ou com noção, mas a universalização da Democracia da Informação subentende a existência e a missão dos blogs, senão, seríamos órfãos e sem palavras.

  4. Interessante que pra sentar o pau em alguem público todo mundo vira santo. Lembram do Luis Inácio nos anos 1980 onde criticava tudo e ele era o santinho. Duvido muito de pessoas que só criticam e sentam o pau por pura ideologia ou por não terem recebido algo em troca. Conforme o latido, o coice ou berro voce sabe qual animal tá lidando.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here