Lages registra média de 1,4 óbitos por dia

0
650

Existem dois cemitérios municipais no perímetro urbano de Lages (Penha e Cruz das Almas). A partir de dados coletados no Cartório de Registros Civis, o vereador David Moro (PMDB) encaminhou um pedido de informações ao prefeito Ceron. Ele indaga sobre os dois cemitérios:

Qual espaço está sendo ocupado pelos túmulos?

Quantas vagas disponíveis existem para sepultamentos?

Existe projeto para a criação de novos cemitérios públicos?


AINDA SOBRE O ASSUNTO

De acordo com informações do vereador, atualmente o maior cemitério de Lages é o localizado na Penha e que devido a grande quantidade de túmulos ocupados no mesmo, a prefeitura já está disponibilizando gavetas em um cemitério particular, no bairro Guarujá, no conhecido Cemitério da Paz. “A preocupação é de que, com o aumento dos óbitos não haja mais espaço suficiente nos cemitérios municipais de nossa cidade”.


COMO ESTÃO OS NÚMEROS

DE ÓBITOS EM LAGES?

São do próprio vereador David Moro os dados que ele levantou para embasar a busca de informações sobre existência ou não de projeto para mais um cemitério público em Lages. Segundo ele, pelas informações repassadas pelo Cartório de Registros Civis, houve o aumento dos óbitos. “De abril de 2016 a abril de 2017, já ocorreram 1.757 óbitos nos município na Amures. Desse número, 530 óbitos são de lageanos”, cita o vereador. Por esse número oficial, portanto, temos uma média de 1,4 óbitos por dia, no intervalo de um ano.

David Moro (em primeiro plano) e a preocupação com espaços para sepultamentos em Lages

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here