Agentes de trânsito escapam da chuva? Bobagem!

2
2332

Chegam imagens da muvuca no trânsito na saída do Colégio Santa Rosa e a indagação se os agentes de trânsito não trabalham na chuva. Naturalmente deve haver um equívoco ou maldade nessa ponderação. Os agentes de trânsito, que trabalham na chuva mais que a grande maioria de nós, não precisam e nem devem necessariamente ficar apenas na frente do Colégio Santa Rosa.


ASSIM

Pais de alunos dos vários outros colégios da cidade também têm carros e se os agentes podem cuidar do trânsito na frente do Santa Rosa também podem (e não há impedimento nisso) cuidar na frente do Centro Educacional, Pinto Sombra, Rubens de Arruda Ramos e assim por diante. Como são 40 agentes em escala, é impossível que todos os colégios tenham a presença sempre prestativa deles.


ADEMAIS

Até onde a gente sabe, os agentes estavam mais presentes na frente do Santa Rosa até que os motoristas se dessem conta das mudanças no local que, embora eu tenha minhas dúvidas se melhorou, foram implantadas para dar maior fluidez ao tráfego.


INCLUSIVE PORQUE…

Diante de um quase dilúvio como esse que se abate sobre a paróquia, os agentes de trânsito têm que priorizar as questões mais graves e urgentes. Por isso, esses foram deslocados para cuidar de áreas que apresentam problemas coletivos de trânsito, com fluxo mais intenso que a frente de um colégio, como os problemas na Avenida Carahá.

Uma imagem dessas, de cidadão cuidando do trânsito na saída do Santa Rosa, está longe de representar uma falha dos agentes de trânsito. Até porque, onde está escrito que é obrigação deles estarem ali, sempre ali e somente ali cuidando dessa muvuca?

COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Falta gerenciamento no estacionamento privativo do Colégio Particular… Vou apenas dar um exemplo… Estacionamento do Angeloni (Possui duas áreas com estradas e saídas) e pistas com mão dupla para o tráfego de veículos na área interna. Este detalhe contribui para diminuir a geração de tráfego local… O trânsito público nas imediações deste colégio não podem sofrer interferências (por falta de gerenciamento do fluxo na área interna do estacionamento privado). Simples assim!

  2. Edson, não há como deixar de fazer um comentáro e elogiar a forma clara e objetiva com que você tratou êste assunto. Infelizmente ainda existem pessoas, que se acham o centro do universo, que se acham, e pensam, que tem mais direitos dos que outras pessoas, apenas por terem uma conta bancária diferenciada. Suas ponderações foram carregadas de sensatez,vc foi muito feliz ao apresentar as situações diversas, e que exigem a presença dos agentes, inclusive nas condições climáticas, com muita chuva que hora se apresenta; Parabéns pela materia, isso que se espera de um jornalista…imparcialidade. Continue nesta direção, e muito sucesso!

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here