Loteamento nem ocupado fica ilhado em Lages

3
5358

Desde o princípio da criação do Loteamento Ponte Grande – para receber famílias realocadas de áreas que margeiam o rio onde passará a futura avenida – foi questionado. O local foi considerado baixo, com riscos de alagamentos. Esses não se confirmaram, apesar da chuva intensa dos últimos dias. Mas se não há alagamentos nas residências ainda não ocupadas, o acesso ao loteamento se tornou impossível. Significa que se as famílias já estivessem morando no local, estariam ilhadas, sem acesso. Quem decidiu implantar esse loteamento em tal área na administração anterior é um grande mistério, visto que tem tanta área na cidade. E da mesma forma não se entende como a Caixa Econômica aprovou o projeto.

As casinhas geminadas que receberão famílias que estavam em áreas próximas à avenida Ponte Grande estão assim, isoladas por causa do acúmulo de água no acesso. Quem decidiu pela colocação do loteamento nesse local merece um balde de água na cabeça. Para não dizer outra coisa!



CHUVAS DEIXAM VIAS

CHEIAS DE CRATERAS

Essa imagem do Zé Rabelo resume a situação das ruas não pavimentadas depois que parar a chuva. O excesso de chuva criou uma quantidade muito grande de crateras de todo tamanho e profundidade. O que já era ruim em algumas vias antes das chuvas, torna-se ainda pior. Uma ação emergencial é urgente!


Imagens: Zé Rabelo

COMPARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Com o crescimento da cidade, novos calçamentos e pavimentações de ruas,
    no futuro é certo que será inundado, um dos lugares mais baixo da cidade.
    Mas para o prefeito e secretário a época que aprovaram, isso não importa..
    O que importa todos sabem….

  2. Era do conhecimento de qualquer leigo….não precisava de engenheiro para ver o tamanho “pipipi”….dinheiro público. Tenho pena de Lages. E a gente se acostuma com tanta incompetência

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here