Caminhões de tora detonam estradas em Lages

1
1052

Quarta-feira, 31 de maio, cinco dias depois da chuva intensa em Lages um caminhão carregado de toras era rebocado por dois tratores. A cena poderia ser corriqueira e normal, se fosse registrada num dia após o início da chuvarada. Mas lá no 5.º dia de temporal evidencia que os empresários do setor madeireiro e transporte seguiam retirando madeira do interior e, por tabela, detonando as estradas. “Falta sensibilidade e parceria. As estradas não aguentam”, aponta o Secretário Uncini (Agricultura).


HÁ LEI PROIBINDO

Vereador Gerson dos Santos (PSD) apontou durante a conversa com a participação de Uncini e Ceron que existe uma lei que proíbe o tráfego de caminhões em dias de tempo ruim nas estradas do interior. A norma prevê até punição (cerca de R$ 300,00), mas pelo jeito está sendo solenemente descumprida.


SOBREVOO NO INTERIOR

Nesta sexta-feira, 02, estava previsto um sobrevoo de Uncini e o prefeito Ceron em algumas localidades do interior. Ideia é conferir como está a situação. “Maior parte das melhorias executadas nesses cinco primeiros meses da administração no interior, infelizmente, foram literalmente por água abaixo”, explica Uncini.

Rotina no interior de Lages é o tráfego de caminhões com toras. Se por um lado é uma prática que movimenta a economia, por outro causa danos severos nas estradas rurais

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Edson, infelizmente não é só os caminhões que deterioram as estradas.

    Qualquer leigo sabe que uma estrada rural bem feita tem dois pré-requisitos básicos: a) que ela não é plana, ou seja, tem o centro mais elevado que as bordas da pista; b) que deve ter onde escoar as águas das chuvas.

    A Prefeitura foi na Estrada da Lomba (Macacos/Lambedor) e simplesmente passou a patrola numa estrada que só tinha alguns buracos como problema, e que estava bem cascalhada com o bom cascalho azul.

    Essa passagem de patrola retirou todo o cascalho, deixou a estrada plana e pior, os conserveiros sequer arrumaram as valetas e as entradas dos sítios.

    Resultado é lamaçal, estrada sem cascalho e um desastre.

    Me pergunto se não sairia mais barato que passar a patrola simplesmente tapar os buracos e consertar as valetas, já que a estrada não estava ruim.

    Esse Prefeito vai acabar com as estradas do interior, que (pelo menos nisso) a administração anterior era BEM melhor

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here