BR-282: Trânsito liberado e sinais de destruição

0
1707

Se a velocidade é de 80 km/h e você puder andar até a menos que isso, vai estar redobrando sua segurança ao trafegar pelo trecho serrano da BR-282. Por causa dos elevados índices de chuva em municípios como Bocaina, Bom Retiro, Lages e Cerrito, houve problemas em vários locais da rodovia federal. Em dois locais (km 137 e 253) chegou a ocorrer em caráter temporário a interrupção do tráfego.


TUDO LIBERADO

Ainda na manhã de segunda-feira houve a liberação de passagem, mas com reforço de cautela. Em direção a Floripa o local mais crítico é nas imediações do acesso a Urubici. Ali uma sequência de banhados faz com que a água transborde e fique com 1m de lâmina na pista. A situação se regularizou no final da manhã de segunda-feira, 05. Mas há alerta para cuidado.


TRECHO OESTE FOI

O MAIS AFETADO

Se no trecho leste o problema maior foi água na pista em Bom Retiro e queda de árvore e barreira em Alfredo Wagner (situações superadas em caráter temporário), no chamado trecho oeste o pavimento foi danificado de forma mais significativa. Algumas imagens confirmam isso!

Estamos no Km 253 onde a PRF chegou a fechar a passagem na madrugada de segunda-feira por causa do risco para usuários. A passagem está liberada, mas no sistema pare/siga

Engenheiro Enio (DNIT) esteve conferindo as providências para restabelecer a passagem regular de veículos. Nesse local uma montanha praticamente se deslocou em direção à rodovia, por causa das chuvas intensas, causando a situação que a imagem resume!

Na altura do Km 267 em São José do Cerrito o asfalto trincou. A tendência é aumentar a fissura. A PRF sinalizou o local para que os motoristas passem no local com menos velocidade

Situação bastante complicada também nesse trecho no Km 273 (Santo Antônio dos Pinhos). Ali o asfalto cedeu, causando essa enorme fissura. Um trabalho emergencial de reparo está previsto para garantir segurança de usuários. O local foi bem sinalizado e permite passagem com cautela

Inspetor Magno (PRF) esteve no local conferindo sinalização e condição de passagem na BR-282. Esse ponto tem registrado constantes deslocamentos do asfalto.

Compartilhar a matéria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here