Ponte Grande: Milonga do alagamento anunciado

0
13630

Lageanista João Ceng, que volta e meia faz ponderações aqui na página, não se conforma com a colocação do Condomínio Ponte Grande lá abaixo do nível da água para, em caso de chuva, ficar alagado. Ele escreve o seguinte:

“Não sei a quem interessa esconder tamanha burrice. Foram inúmeros alertas que isso ia acontecer. Só buscar
aqui no próprio blog. Quem vai ser punido por tamanho desperdício do dinheiro público? O MP deixar passar em branco? Certo, que os iluminados da administração passada e os “fiscais” da Caixa devem responder
criminalmente por mais esse crime ao dinheiro público. Eu avisei…”.


ASSIM…

A gente compartilha novamente o registro das casinhas geminadas embaixo d’água por causa da chuvarada da virada de maio para junho e a pulga atrás da orelha devido à escolha do lugar inadequado para a construção dos imóveis para abrigar famílias realocadas das margens do Rio Ponte Grande. Será a típica tropa do seis por meia dúzia. Tais famílias que hoje vivem com aluguel social até a mudança para as casinhas, saíram de um local que alagava e irão para outro que também deixa moradias embaixo d’água.


PERGUNTA

Será que a Caixa Econômica fez jus ao ‘sobrenome’ e foi demasiada econômica ao aceitar esse local para o conjunto habitacional? Não houve estudo técnico prevendo inundações?

Está vendo ‘aquelas coisinhas brancas’ no alto da imagem à direita? São as casas geminadas do Complexo Ponte Grande para abrigar famílias realocadas. Desde o pensamento em construir no local houve alerta de que ali iria alagar. E deu nisso!


Imagem: Raphael Steffen

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here