Lages a Floripa: Tudo normal para Festa do Pinhão

0
816

Com a previsão de parada na chuva nesta quinta-feira à tarde/noite e a chegada do frio na sexta-feira, 09, os meios de comunicação receberão uma série de indagações sobre acesso, valores e programação da Festa do Pinhão. De antemão dá para apontar que a estratégia de vender ingressos com antecedência (inclusive no cartão parcelado) e mais barato aos lageanos, já garante todos os dias um público considerado na Festa do Pinhão. Estima-se que um em cada quatro pessoas que irá ao Conta Dinheiro, já está com ingresso comprado.

Há investimentos superiores a R$ 7 milhões entre estrutura, shows, sonorização, divulgação e outros itens que integram o evento pela Gaby Produções. Além da empresa, Lages lucra muito com a Festa do Pinhão. No passado já se estimou um movimento econômico na ordem de R$ 10 milhões.


QUESTÃO DE ACESSOS

Não há alterações significativas para o trânsito ao parque Conta Dinheiro. O modelo de anos anteriores faz o tráfego fluir com tranquilidade, situação que se repetirá a partir de sexta-feira. Claro que se recomenda cuidado para guardar bem o veículo para evitar imprevistos. Programação e outras informações da Festa do Pinhão você encontra aqui neste link!


SOBRE AS RODOVIAS

O maior fluxo de público externo para a Festa do Pinhão vem pela BR-282. Quem reside no litoral e sobe a Serra utiliza essa rodovia. E ao longo dela não existem problemas pontuais que recomendem não pegar a estrada. Está tudo tranquilo e sem perspectiva de eventual agravamento, visto que a tendência é termos pelo menos seis dias (a partir de sexta, 09) sem chuva em Santa Catarina. A situação da interrupção no Cerrito não causa maiores problemas à Festa do Pinhão. Em que pese a situação chata aos cerritenses, o trânsito do Oeste se dá por Curitibanos e a população do Cerrito que desejar vir à Festa do Pinhão terá a alternativa de um acesso secundário que está sendo providenciado até sexta, 09.


QUESTÃO DO EVENTO

“Ela é uma festa privada. E é importante para levar recursos para a cidade”. A ponderação é do prefeito Ceron ao DC. Na entrevista ele deixa clara a situação de que estamos falando de uma Festa do Pinhão que é realizada pela empresa Gaby em parceria com a GDO. O município não tem ingerência sobre o evento. Aliás, erra inclusive quem aponta que a Festa do Pinhão é uma PPP – Parceria Público Privada. Ela é, como disse Ceron no DC, uma festa privada.

Por causa da lista de shows para este ano, há expectativa de um incremento em pelo menos 30% do público pagante em relação ao ano passado.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here