Lucas Neves reverencia quem faz a Sapecada

1
580

Vereador Lucas Neves (PP), bem deverada, promoveu uma das homenagens mais justas na sua atuação legislativa. Reverenciou o trabalho de Carla e Mário Arruda. É que a Sapecada da Canção é de um sucesso irretocável. E quem comanda a organização, os bastidores, cuidando com maestria de cada detalha são os Arruda.

Carla e Mário Arruda num reconhecimento absolutamente merecido pela organização de mais uma edição da Sapecada da Canção


PRATAS DA CASA HOMENAGEADOS

Quem entende de nativismo sabe que a música O Silêncio e a Campereada foi merecidamente a campeã por causa do conteúdo da letra, música e interpretação do Marenco. Mas o vereador Lucas Neves fez questão de homenagear aqueles que interpretaram e deram vida à música mais popular do festival, protagonizada por pratas da casa como Iradi Rodrigues, Daniel Silva e a Zetti Gaudéria. Memoriais de Nossa Origem foi a música que o trio colocou na Sapecada.

Aqui o Daniel Silva e a Zetti com Lucas Neves, os Arruda (Carla e Mário) e o letrista Iradi Rodrigues


SAPECADA COMO PATRIMÔNIO IMATERIAL

Lucas Neves pediu durante a sessão da Câmara que o Festival da Sapecada da Canção Nativa seja declarado como ‘patrimônio cultural imaterial de Lages’. Segundo ele, é uma garantia de que o festival, que valoriza o jeito de ser do serrano, jamais terá fim. “É uma forma de perpetuar nossa cultura”.


OBSERVE QUE…

A Sapecada não valoriza apenas o jeito serrano de ser, mas o estilo sulista, daqueles que vivem nas (e das) lidas. Letras e melodias que retratam o estilo de vivência nas querências campo a fora. A letra de O Silêncio e a Campereada, campeã da Sapecada traduz exatamente isso, conforme apontam alguns dos versos da campeã:

Recorro campo sozinho,

nem “carculo” a quanto tempo.

Quando em quando um assoviozinho

se vai perdido no vento.


Quietude nestas jornadas

e a alma não se machuca.

As vozes das invernadas,

sem silêncio, não se escuta.


Não pense que eu sou sozinho…

Que são tristes os dias meus…

Ouço juras e carinhos

desses campos de meu Deus.

Marenco e os instrumentistas que ajudaram dar vida à campeã O Silêncio e a Campereada, que retrata o jeitão de ser e viver do homem sulista. Isto é Sapecada!

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Enquanto isso a educação, saúde, segurança segue em caos. Para isso que servem as câmaras de vereadores pelo Brasil e por ai vai. êêÊ Brasil.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here