PSDB adia decisão se expulsa ou não Pinheiro

0
577

Aquela pulada de cerca política liderada por Luiz Carlos Pinheiro na eleição municipal do ano passado em Lages não está sepultada. Na rede social Pinheiro aparece citando que participou da reunião do Diretório Estadual do PSDB para tratar de questões do futuro da sigla. Mas na prática a pauta da reunião seria para tratar do passado do próprio político lageano.


É QUE…

Por causa da opção de apoiar Ceron, dando as costas ao fato do partido ter um candidato a prefeito em Lages, a Comissão Provisória encaminhou documentação relatando a infidelidade que contraria as regras do partido. O conteúdo chegou ao Diretório Estadual do PSDB que submeteu à Comissão de Ética tucana. Essa, por sua vez, a partir da análise, teria recomendado a expulsão tanto de Pinheiro quando dos demais integrantes do PSDB que, ao invés de abraçarem a causa tucana optaram por apoiar o adversário. Mas essa providência cabe ao diretório estadual, no voto, garantida a ampla defesa.


ASSIM

O objetivo da reunião do Diretório Estadual, conforme a pauta, era analisar o relatório da Comissão de Ética e decidir se é possível um filiado e militante partidário ignorar sua sigla e apoiar adversário numa eleição ou se isso caracteriza pecado ao ponto de justificar a expulsão. Na reunião agendada, Pinheiro não teve o comportamento partidário apreciado por falta de quórum. São 103 integrantes dos quais compareceram 40. São necessários pelo menos 52 para deliberarem o assunto. A análise do decidido pela comissão de ética do PSDB ficou para 5 de agosto. Até lá Pinheiro segue tucano. Depois disso prevalecerá aquilo que o diretório decidir por maioria.

A pauta da reunião do diretório do PSDB na segunda-feira era específica: Tratar do julgamento dos processos envolvendo a chamada ‘disciplina partidária’. Ou seja, a situação dos integrantes do PSDB de Lages que abandonaram o partido para apoiar outra candidatura ano passado

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here