Revista Visão: Perguntas sobre o Colégio Aristiliano

0
541

Revista Visão que está nas bancas e na casa dos assinantes tem na edição de julho uma entrevista com o Promotor de Justiça Renee Cardoso Braga que é titular da 13.ª Promotoria de Justiça da Comarca de Lages. Da boa entrevista puxamos duas perguntas feitas pelo jornalista Loreno Siega:


Revista Visão – E o Colégio Aristiliano Ramos? Aquele prédio, de fato, tem aspectos históricos, culturais e arquitetônicos a serem preservados?

Promotor Renee – Eu não sou engenheiro, arquiteto e tampouco historiador. Portanto, não cabe a mim dizer se aquele bem precisa ou não ser preservado. Quando falaram em demolir, lá atrás, nós fomos atrás de pareceres técnicos para checar isso. E diversos pareceres e documentos atestam que sim, que o Colégio Aristiliano Ramos é um bem histórico e que precisa ser preservado. E foram diversos técnicos que afirmaram e atestaram isso. Então, nossa disputa jurídica com o Governo do Estado, que quer demolir, se dá apenas na esfera técnica. O caso está no TJ, que deve definir a questão definitivamente em breve.


Revista Visão – Enquanto não se tem essa decisão, a quem cabe manter de pé e preservar aquele patrimônio público:

Promotor Renee – Ao Governo do Estado. Aliás, leio de vez em quando na imprensa que não estão fazendo a revitalização do Centro de Lages porque ainda não se tem decisão sobre o destino do Aristiliano Ramos. Está errado. Uma coisa não tem nada a ver com a outra. Se quiserem começar as obras de revitalização, podem fazê-lo amanhã, não temos óbice algum.

Neste registro de arquivo o Promotor Renee confere a situação interna do colégio acompanhado do então prefeito Toni Duarte e do secretário João Alberto (ADR)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here