Anita Garibaldi tem uma das primeiras PCH da Serra

0
657

Existem projetos de instalação de pequenas centrais hidrelétricas – PCH – em rios aqui da Serra. Há ideia de instalar pequena usina nos rios Penteado e Pelotinhas (Coxilha Rica), Caveiras, Canoas e assim por diante. Mas em Anita Garibaldi, a ideia de construir uma pequena usina em rio com menor vazão de água se tornou realidade. Com investimentos de R$ 6 milhões estão em funcionamento a Central de Geradora Hidrelétrica Willy Faller.

A estrutura foi inaugurada no sábado no interior de Anita Garibaldi com investimentos na ordem de R$ 6 milhões


O QUE É ESSA PEQUENA USINA?

A Central Geradora Willy Faller vai gerar 1 MW. É energia suficiente para abastecer uma cidade do tamanho de Anita Garibaldi com 7.700 habitantes. A usina está com a venda da produção de energia garantida até 2050. O empreendimento foi construído na localidade de Santa Catarina, utilizando o potencial hidrelétrico do rio denominado Lajeado dos Portões.

Neste registro o idealizador do investimento, Werner Faller, com o secretário João Alberto (ADR) durante o ato de inauguração em Anita


QUE SE DIGA

Dos projetos de pequenas PHC esse empreendimento em Anita Garibaldi é o que se tem de mais prático na Serra Catarinense, evidenciando que é possível ir além de prospecções e projetos. Também confirma o potencial energético dos rios da região, com implantação dessas estruturas sem interferir na natureza de forma degradante.


Imagens: Amarildo Volpato (ADR)

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here