Banzezinho básico no trânsito de Lages

6
2853

Motorista do lado chacoalha cabeça com irritação. Outro levanta as mãos num só por Deus. Gestos de protestos se repetem pela situação corriqueira, mas que causa transtorno. Técnicos do Inmetro – que é o órgão estadual de aferição – resolveram calibrar o furão do cruzamento das avenidas Carahá e Presidente Vargas no horário de maior movimento: 2 da tarde.

Furões estão nessas caixas no cruzamento da Carahá com Presidente Vargas


AUTORIDADE

O que causa a reclamação é o fato de, ao invés de se executar o procedimento em horário de menor fluxo, os técnicos o fazem no horário de pico. Daí sobra palavrão até ao prefeito. “Falta autoridade na cidade para dizer a hora que esse serviço deve ser feito”. De fato, como o Inmetro não vem fazer esse trabalho de graça, deveria se submeter!


EXPLICAÇÃO

Diante de comentários em rede social, colega Paulo Marques compartilha áudio do Executivo de Trânsito, Jacinto Bet:

“Essa aferição é feita uma vez por ano e programada por equipe que vem de fora. E ela dura normalmente no máximo meia hora. Pra quê? Pra dar segurança ao condutor de que esse sinaleiro esteja aferido pelo Inmetro. Portanto, durante um ano há uma perda de apenas 30 a 45 minutos num cruzamento desses. Mas o resultado é segurança. Portanto, há de se ter um pouco de paciência. Não é incompetência. Não há falta de sensibilidade. Isso é uma coisa programada, planejada…”.


AFERIÇÃO PARA NOTIFICAÇÕES

Não se trata de procedimento para aumentar ou diminuir a segurança do motorista. Objetivo é aferir o sistema que fotografa veículos que desrespeitam o semáforo ou excedem a velocidade durante a passagem. Sem tal aferição as multas podem ser derrubadas.


PIRIPAQUE NOS SEMÁFOROS

Outro problema que vem gerando reclamações nas redes sociais diz respeito a semáforos que deixam de funcionar de uma hora para outra. No cruzamento da Carahá com a Rua Frei Gabriel, por exemplo, a manhã de terça-feira foi de transtorno aos motoristas. Agentes de Trânsito ainda amenizaram orientando o trânsito. E o piripaque nos semáforos não é por causa do frio, já que em dias mais quentes também tem ocorrido problema. Provavelmente a idade dos aparelhos semafóricos contribua para essa situação!

COMPARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. Edson, respeitamos em muito o condutor e contribuinte, tanto que estamos sempre atentos as reclamações e sugestões. Nossas decisões no transito tem em muito a ver com as sugestões enviadas pelos condutores que enfrentam o transito todos os dias. Levamos as sugestões para nosso departamento técnico e fazemos as modificações. Mas existem determinadas situações que somente a paciencia dos condutores deverá prevalecer. Hoje mesmo, ao passar pelo semáforo da Frei Gabriel com Belizario Ramos, estava no intermitente. Liguei para nosso técnico para a intervenção, e ele me respondeu que era o quarto semáforo com o mesmo problema. Isto ocorre por vários fatores, e a queda de energia é uma delas. Semanalmente é feito a conferencia da sincronização dos semáforos, entretanto, uma simples queda de energia basta para desincroniza-los. Nosso sistema semafórico é em sua grande maioria antigo. Existe sistema moderno mas extremamente caro para nossa realidade. Por isso temos que ir recuperando estes e tentando faze-los atender as necessidades. Para se ter uma ideia, em um cruzamento igual as Av. Belizario Ramos com Presidente Vargas, se implantado todo o sistema, não ficará menos de R% 150.000,00. Temos hoje ao todo 36 (trinta e seis) cruzamentos com semáforos. Imagine os valores. A aferição é sim para validar a infração cometida nos semáforos, porque no instante que não for validada esta autuação, não haverá respeito, e um acidente embaixo de semáforo muitas vezes é fatal. Alem do mais, vários casos policiais já foram resolvidos com informações contidas nos equipamentos. Serve minha manisfestação para esclarecimento, e não como contestação as reclamações. Transito se faz com respeito a sinalização, paciencia e acima de tudo com gentileza.

  2. COM CERTEZA, PACIÊNCIA E GENTILEZA É O QUE MENOS TEMOS EM UM MUNDO MODERNO, COMO SERIA SE BOLSONARO E SEUS FILHOS, TOTALMENTE MALUCOS, UTILIZASSEM O TRÂNSITO DE LAGES…PIADA PARA COMEÇAR UM DIA FRIO.

  3. Edson, para esclarecer ao participante Marcio. As cobranças de aferições do IMETRO, é de responsabilidade da Empresa que fez a locação dos equipamentos. Estes custos estão embutidos no preço de locação.

  4. Não simpatizo muito com esse Jacinto Bet, mas, esse primeiro comentário dele é bastante sensato. Digno de alguém que demonstra estar preocupado em fazer algo de bom pelo seu setor. Trânsito é um assunto bastante complexo, que requer principalmente muita educação de todos os envolvidos no processo, (condutores, pedestres), enfim, de toda a população. De nada adianta projetos mirabolantes, se os atores principais desse conjunto não fizerem a sua parte. Como todos sabemos que esse processo de educação dos envolvidos está muito distante do ideal, se torna bastante necessária a manutenção e implementação de todos os meios possíveis de fiscalização, visto que, somente sentindo prejuízo no bolso a maioria das pessoas aprende. Forte abraço a todos.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here