Falta de chuva afeta arrecadação na Serra

0
377

Nos primeiros seis meses do ano, prefeitura de Anita Garibaldi deixou de receber R$ 1 milhão em royalties das usinas por causa da pouca quantidade de chuva. Em Cerro Negro, o prefeito Ademilson Conrado (PP) fez as contas e a arrecadação de royalties despencou R$ 375.000,00 no primeiro semestre. “Dinheiro desses dava para comprar três tratores para a comunidade do interior”, aponta Conrado.

Prefeito de Cerro Negro aponta que no primeiro semestre foram R$ 375 mil a menos de arrecadação por causa da falta de chuva

Essa imagem compartilhada por Paulo Marques dá ideia da diminuição de água no Rio Pelotas, que abastece usinas, que geram energia e, por consequência, retorno de royalties aos municípios. Inclusive Lages recebe, proporcionalmente, valores de royalties da Usina Barra Grande. As barrancas, como se percebe, em Cerro Negro, apresentam claro a redução de volume de água.


CHUVA DE 30 MILÍMETROS

Embora pareça boa notícia, não dá para se animar muito. Nesta quarta-feira à noite e durante a quinta, 03, tem previsão de 30 milímetros de chuva na Serra Catarinense. Mas na sequência o tempo firma e vem mais um período de estiagem.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here