‘Javali urbano’ é apreendido pela Ambiental

1
528

Prática absolutamente comum no meio rural, deve dar dor de cabeça a um morador do bairro Santa Catarina – parte sul de Lages. Por causa de uma denúncia (provavelmente de algum vizinho), a Polícia Ambiental chegou até uma residência onde havia um javali sendo criado em cativeiro. O Ibama proíbe qualquer modalidade de criação de javalis, pelo fato desses animais se constituírem uma praga. O morador deverá responder administrativa e criminalmente por estar criando o bicho em casa.

Um médico da Cidasc e técnicos da Secretaria de Meio Ambiente estiveram no local para retirar o javali da residência e encaminhá-lo para abate inspecionado…

Imagem do bichinho sendo levado para o sacrifício porque, segundo a Polícia Ambiental, a carne do javali representa risco à saúde pública

O javali é considerado animal exótico e, em tese, é impróprio para consumo. Embora, o risco maior à saúde é o animal capturado em vida selvagem. Quando criado, desde pequeno em cativeiro, sendo alimentando como porco, há controvérsias sobre a impropriedade ao consumo. No interior é bastante comum a existência de animais do gênero, principalmente o chamado ‘javaporco’ que acaba sendo criado, mantido em cativeiro e depois abatido ao consumo.

 

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Com certeza não é um doutor ou empresário bem sucedido que por hoby cria javalis, uma pessoa humilde que por falta de informação não pode ser apenado, a maior parte dos lares lageanos não possui internet, muitos não leem jornais e acessar blogs, pior ainda, mas como não possui garantias do Direito deverá ser indiciado, grande exemplo e pedagogia para nós mortais, enquanto políticos andam por aí desviando recursos públicos, os pobres desafortunados pagam.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here