Chuva de granizo dá sustão nos lageanos

1
851

Foi rápido. Durou pouco mais de 1 minuto. Mas o tamanho das pedras assustou os lageanos. Eram 20h16min quando a chuva de granizo se manifestou na área urbana de Lages. De imediato as redes sociais ecoaram com imagens e vídeos das pessoas assustadas e preocupadas que voltássemos a registrar outra tempestade nos moldes daquela do 13 de outubro de 2014. Nas ruas do bairro São Cristóvão, por exemplo, motoristas simplesmente deixavam a via para proteger os veículos embaixo de árvores. Lá se vão 34 meses, quase 3 anos. Mas o lageano não esquece das pedradas que deixaram marcas nas casas, nos carros e na vida das pessoas.

Fiz esse vídeo dá ideia do tamanho das pedras de gelo na noite de 8 de agosto em Lages

NADA DE PREVISÃO

O mais estranho é que não houve nenhuma previsão de institutos de meteorologia sobre a possibilidade de queda de granizo. Será que ‘chuva de pedra’ não é registrada nos radares ou a tecnologia ainda é capenga para detectar esse tipo de tempestade?

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Radar da Aeronáutica do Morro da Igreja já mostrava o deslocamento do topo alto de nuvens uma meia hora antes no Redemet. Ronaldo Coutinho tuitou em sua conta inclusive. Já o Flightradar 24 já mostrava que os voos que passas por aqui (geralmente Porto Alegre e Buenos Aires) já desviavam suas rotas uma hora antes, o que significa que coisa boa não era. Informação tem. as pessoas não buscam infelizmente.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here