Javalis sob controle com aplicativo na Serra

0
609

A gente que colhe informação em municípios como Capão Alto, Campo Belo e Cerro Negro para a coluna do Jornal Correio dos Lagos acabou testemunhando uma redução de informações decorrentes de preocupações com ataques de javalis nesta virada de 2016 para 2017.

AÇÃO DA AMBIENTAL

A Polícia Ambiental de Lages tem papel fundamental para esse controle. Parte pelo trabalho de orientação e conscientização dos produtores rurais (no abate controlado) e parte devido às técnicas de compartilhamento de informações. E esse trabalho ganhou um reforço com através de um aplicativo lançado pelo Ciasc.

Comandante geral da Polícia Ambiental com Ranzolin, governador Colombo e deputado Gabriel conferem o aplicativo em funcionamento mostrado pelo Comandante Pimentel


INICIATIVA

A ideia do aplicativo surgiu num encontro entre o deputado estadual Gabriel Ribeiro (PSD) e o Major Pimentel, comandante da PM Ambiental na região de Lages. Ainda no ano passado, a proposta foi levada pelos dois e pelo comando da Polícia Ambiental à direção do Ciasc, cujos técnicos desenvolveram a ferramenta.

Esta reunião foi realizada em março do ano passado quando o deputado Gabriel e o comandante Pimentel apresentaram a sugestão para que o Ciasc desenvolvesse o aplicativo

COMO FUNCIONA?

O aplicativo é semelhante ao utilizada para o combate à dengue. No caso, os produtores rurais são os principais informantes. Com o registro feito por eles, o aplicativo indica onde se concentram os javalis e a PM Ambiental pode canalizar o esforço para as regiões mais afetadas.


FUNCIONA ASSIM, GOVERNADOR!

Major Pimentel explicando ao governador Colombo a operacionalidade do aplicativo que passa a ser utilizado para a coleta de informações que resultará no controle maior dos javalis na Serra Catarinense. A ferramenta é modelo e deve ser copiada por outras regiões do País.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here