Lida campeira gravada em fogo na Unifacvest

1
342

Hall de entrada do Centro Universitário Unifacvest vem abrindo espaço para várias exposições artísticas. O espaço vem mostrando projetos culturais desenvolvidos por acadêmicos, professores e outros artistas.

Nesta semana, uma exposição de pirogravuras gravadas em fogo está atraindo a atenção do público. O trabalho foi feito pelo professor dos cursos de Comunicação Social, artista plástico e promotor cultural, Betto Fausel.

As pirogravuras valorizam temas regionais, como o tradicionalismo, a lida campeira, entre outros. “É uma honra compartilhar o trabalho que desenvolvi ao longo dos anos com esse público”, diz o expositor. A exposição é aberta ao público.


MAIS MEDICINA PARA LAGES

Já que estamos falando do Centro Universitário Unifacvest, internauta Josiel encaminha a seguinte ponderação a respeito do Curso de Medicina que se pleiteia para essa instituição:

“Acompanho atentamente essa luta da prefeitura para tentar contratar médicos em Lages com certa dificuldades. Isso evidencia a carência de mais profissionais na cidade e na região. Muitos profissionais preferem atuar em centros maiores e daí fica essa lacuna. Então me pergunto por qual razão não liberam o Curso de Medicina na Facvest. Rio do Sul ganhou o seu, parece que Curitibanos terá um, inclusive de graça pela Federal. E sinto certa resistência da cidade em concordar com mais esse curso na Facvest. Quanto mais médicos, melhor para a população. Concorda?”.

Pois é, Josiel! Pois é!

Mas não é por falta de articulação e estruturação do cidadão acima. Professor e reitor Giovani Broering tem em mente que é uma questão de tempo viabilizar o Curso de Medicina para a Unifacvest. Tem insisto que a cidade tem que abraçar a causa e a ideia. Como ninguém deve ser contra, ele tem razão que é questão de tempo. E não muito tempo!

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here