Entenda o que se quer fazer com hospital de Correia Pinto?

0
381

Gestão compartilhada.

Esse é o nome que a Secretária da Saúde de Correia Pinto, Léia Vieira Gallas, está dando à ideia de uma parceria do município com um grupo de médicos para administrar o Hospital Faustino Riscarolli. Ela conversou com Daniel Goulart (Clube FM) e esclareceu o propósito. Apontou, por exemplo, que pela dinâmica do Ministério da Saúde, nenhum hospital deve funcionar para atender apenas o município onde está instalado. “E nós queremos ampliar o atendimento para atender outros municípios da região”.

SEM PREJUÍZOS

Secretária Léia Gallas esclarece que o modelo pretendido não causa prejuízos aos servidores que atualmente atuam naquela instituição. “Pelo contrário, com a chegada de um grupo de médicos, vamos agregar mais serviços com a aquisição de equipamentos e maior oferta de serviços na área da saúde”. Ela lembra que a prefeitura de Correia Pinto atualmente repassa R$ 230 mil mensais ao hospital. “E vai continuar repassando esse mesmo valor e teremos a vantagem de ampliar a estrutura de equipamentos e o leque de serviços”.

SERVIDORES

A Secretária de Saúde lembra que nada mudaria aos servidores. “Não tem como esses servidores deixarem de ser vinculados ao município. Isso não mudará”. Entre as vantagens apontadas por Léia Gallas está o fato de que, aqueles pacientes que atualmente se deslocam ao Sul do Estado, numa viagem cansativa pela Serra do Rio do Rastro, serão atendidos ali mesmo no município.

GRUPO DE MÉDICOS

Para ficar evidente que não se trata de um grupo fechado de médicos (do Sul do Estado) que irá tomar conta do hospital, ideia é abrir a possibilidade inclusive para profissionais de Lages se integrarem ao projeto. E a gestão compartilhada significaria que o município de Correia Pinto teria poder de decisão na parceria com os profissionais de saúde.

Atualizando e esclarecendo sobre a ideia que se prospecta para o Hospital Faustino Riscarolli de Correia Pinto ser administrado de forma compartilhada pela prefeitura e médicos dispostos em ampliar o leque de serviços prestados na instituição de saúde.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here