IBGE: Lages tem 122 habitantes a menos

7
1402

Dados estimados do IBGE, que servem de parâmetro para acesso a recursos, seguem apontando uma realidade populacional em Lages, absurdamente em descompasso com aquilo que se vê na cidade. Novos prédios, com centenas de unidades de apartamentos, novas residências, novos loteamentos. E tudo isso sendo habitado, mas que, no entanto, aponta que ao invés de Lages ter mais viventes, registra menos.

Ano passado a estimativa indicava que éramos 158.620 habitantes. Neste último dia de agosto de 2017 a constatação do IBGE é de que Lages possui 112 almas vivas a menos: 158.508.


MUNICÍPIOS QUE MAIS

CRESCERAM NA SERRA

Em relação à estimativa de 2016, o IBGE aponta Otacílio Costa com mais 238 habitantes e São Joaquim com 199 habitantes a mais.


ELES TÊM MENOS HABITANTES

Cerrito tinha 8.705 e agora 8.588. Anita tem 171 moradores a menos. Correia Pinto tem agora 233 habitantes a menos.


REGIÃO DA AMURES ENCOLHE

Puxamos para a página os dados estimados da população da Serra Catarinense (região da Amures com seus 18 municípios). Ano passado a região possuía 289.979 habitantes. No somatório deste ano somos 289.820. Ou seja, entre reduções e aumento de habitantes, a região da Amures possui 159 habitantes a menos que em 2016, segundo o IBGE.


AMURES ATÉ 5.000 HABITANTES

Bocaina…………………….3.456

Bom Jardim……………….4.694

Capão Alto…………………2.597

Cerro Negro……………….3.254

Painel………………………2.376

Palmeira……………………2.586

Ponte Alta…………………4.767

Rio Rufino…………………2.489

Urupema…………………..2.487

Painel que completou 22 anos em agosto tem agora 2.376 habitantes pelos dados estimados do IBGE


AMURES 5.000 A

10.000 HABITANTES

Anita Garibaldi……………7.537

Bom Retiro………………..9.796

Campo Belo………………7.177

S. José Cerrito……………8.588

Bom Retiro aparece pela primeira vez desde o Censo de 2010 com menos de 10.000 habitantes


AMURES MAIS DE

10.000 HABITANTES

Correia Pinto……………13.358

Lages…………………..158.508

Otacílio Costa…………..18.313

São Joaquim……………26.646

Urubici……………………11.191

Otacílio Costa está entre os municípios que apresenta um leve aumento no número de moradores do ano passado para 2017

COMPARTILHAR

7 COMENTÁRIOS

  1. Se a cidade não desenvolveu e não cresceu nesses anos em que o governador é da região e seu maior eleitorado é daqui, pense no futuro!!! Cidades do oeste e meio oeste, a maioria tiveram crescimento.. Joaçaba por exemplo, aumentou 2.500 habitantes.. aqui na região serrana, muitas diminuíram.

  2. Acredito nesses números do IBGE, porque conheço muitas pessoas de nossa cidade que foram embora por causa da falta de empregos e essa é uma realidade que cada dia que passa aumenta, a redução da população lageana. Já estamos quase ficando fora do Top 10 das maiores cidades do estado (Lages é 10°). Para ter uma ideia, Palhoça e Jaraguá do Sul já passaram Lages neste quesito.

  3. Será que isso não é um efeito positivo ?
    Acredito que Lages melhorou no aspecto qualitativo. A exemplo do que foi comentado, aumentou (melhorou ) o número de edifícios, renovação da frota e etc…
    Atualmente há uma população universitária expressiva .
    Conheço várias pessoas que migraram de bairros mais pobres e distantes para morarem em edifícios mais bem localizados.
    Mesmo em bairros afastados, onde é visível a precariedade de certos aspectos estruturais (ruas sem pavimento e sem calçadas ou sem rede de esgoto) nota-se a melhoria das residências.
    Viajo frequentemente a outras cidades deste porte e maiores, e assusta como avança a pobreza (favelas) no entorno da região metropolitana ,sobretudo nas capitais . Não vejo esse movimento aqui. Pelo contrário , é só observar o quanto melhorou o nível de moradias após a construção do shopping naquela região .

  4. Meu caro Cezario, também participo deste teu pensamente, observo que cidades que não crescem muito possuem mais poder de planejamento e melhoria de suas estruturas viárias e habitacionais, ainda trazemos aquele pensamento da época da ditadura de ter um crescimento populacional amplo e até cidades como Nova Yorque e outras diminuíram a população em troca de uma melhor qualidade de vida. Imagine Lages com mais de 200 mil habitantes, mas me dizem Chapecó cresce continuamente devido a vários municípios pequenos em seu entorno que migram para a grande cidade do oeste e em uma reportagem de um jornal estadual, uma maior parte de municípios pequenos perderam população, vivemos em uma economia de mercado e só as grandes cidades geram empregos e os jovens migram atrás de empregos, estudos, vida social e muitos levam as famílias com eles.

  5. Fazendo uma brevíssima analise dos dados apresentados no IBGE Cidades, para a década 2007 a 2017, um calculo aritmético básico (e algumas projeções com base em médias) nos mostra que a grande capacidade de Lages é Exportar Gentes… Pelos cálculos rápidos dos registros civis (sem considerar os processos migratórios), saíram de Lages para outros lugares um contingente de aproximadamente 15 mil pessoas… Ou seja, exportamos em 10 anos, mais do que uma Correia Pinto, de Lageanos para outros mundos…

    Em 1980 (pelo Censo daquele ano) tínhamos 155.295 habitantes. Decorridos 37 anos de raimundices, corujisses, duartisses, renatisses, elizeusisses, e agora ceronsisses, a estimativa do IBGE é que em 2017 Lages tenha 158.508 (um crescimento nominal de 0,06% ao ano, e crescimento real menor ainda)…

    Fazendo um outro exercício de aritmética e trabalhando com médias em cima dos dados dos registros Civis do IBGE Cidades, dá para fazer uma projeção de que nesses 37 anos de estagnação raimundista (o raimundo está mandando… e desmandando… em Lages desde 1989) saíram de Lages aproximadamente 43 mil pessoas,… Sem considerar os processos migratórios, apenas considerando os nascimentos e mortes registrados nesses período de 37 anos, Lages teria hoje aproximadamente 202 mil pessoas….

    De 1980 para cá… Lages sai da 6a. colocação para a 10a. em Habitantes… e o PIB caiu de 7o. para 12o. Sendo que nos próximos 5 anos, se manter esse ritmo de estagnação raimundista será ultrapasso por Navegantes, São Francisco do Sul, Tubarão e São Bento…

    Mas ainda há os otimistas… que eles estejam… Que seus sonhos se realizem… é o que desejo…

  6. Vamos acordar…esta é a realidade…ou IBGE só erra com suas metodologias em Lages e Região Serrana ??? É só sair de LAGES-SC, para infelizmente verificarmos o crescimento econômico, populacional de outras regiões: Joinville praticamente 4 Lages, Blumenau quase 400.000 habitantes, Floripa+ só a capital quase 500.000 habitantes. Chapecó 211.000. empreendimentos , coisas, culturas, obras públicas e tantas outras comuns em outras cidades em LAGES são comemoradas, exemplos: viadutos, escadas rolantes, fiação subterrânea no centro, Av. Deus.Pedro que a administração municipal que construí
    e diziam que era a a mais bonita e moderna de SC..!!!…Quais os empreendimentos anormais em Lages ???Entram novos pseudos administradores municipais mas sempre a mesma coisa… Não temos um simples Parque para caminhadas em LAGES-SC. A única coisa que acho que Lages não deve nada pra ninguém é na força da Imprensa: rádios ,blogs ,jornais, etc. No esporte até a década passada as rádios lageanas davam de 10 a 0 em rádios de Curitiba ,por exemplo..E oque Lages está na frente e Realmente conservou foi e é a hospitalidade do LAGEANO e do Serrano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here