Eleições: Quem com quem em 2018?

0
1202

Ano que vem nesta época a campanha estará a todo vapor. São 365 dias e mais três semanas que nos separam de ir às urnas escolher Presidente, Governador, Senadores (serão votados dois nomes), Federal e Estadual. Se na chamada eleição proporcional (Federal e Estadual) ainda se aguarda para saber se haverá distritão ou não, na majoritária tudo segue indefinido. Mas não é aquela nebulosidade que ninguém consegue ver cenários.

ALGUNS CENÁRIOS

A grande incógnita é se PMDB e PSD estarão em palanques opostos ou reeditando a Tríplice Aliança. Se optarem lá na frente pela junção, é quase certo que o PSDB não estará junto. Os tucanos têm Paulo Bauer como grande nome para suceder Colombo. Daí a resistência em desistir disso, apenas apoiando uma coligação e Bauer buscando a reeleição ao Senado.

Bauer, neste registro da campanha de 2016 com Amaral, é o nome melhor colocado em pesquisas para consumo interno…


TRÊS CENÁRIOS PARA O PSD

PSD NA CABEÇA – O primeiro dos cenários e mais natural é a sigla concorrer com Merísio ao Governo. O PSD contaria com a parceria do PP e outras siglas orbitando. Fecharia com o discurso de Colombo (e do próprio Merísio) de cada partido ou pequena coligação lançar seu candidato e deixar para discutir coligação no segundo turno (se houver, é claro).

Merísio com Colombo e a ideia de manter o PSD no comando do Governo com o deputado disputando. O projeto de Colombo ao Senado ficaria um pouquinho mais difícil se essa for a opção


PSD COM O PMDB – Outra hipótese é a reedição da Tríplice, com o PSD indicando o vice ao PMDB de Mauro Mariani. Nesse caso o nome poderia ser João Rodrigues ou até Júlio Garcia (atualmente no TCE/SC). Há certa resistência até porque fontes apontam que o PSD só aceitaria dialogar sobre reedição da coligação com o PMDB se o nome fosse Udo Döhler e não Mariani na cabeça.

Pinho já bateu martelo que o cara do PMDB é Mauro Mariani para 2018


PSD COM PSDB, PP E… – Cenário que ouvimos na semana passada é do PSD deixar o PMDB a ver navios e se unir ao PSDB e PP. Nesse cenário, apontado como interessante, Paulo Bauer seria o candidato ao Governo, o PSD indicaria o vice (Merísio ou Rodrigues) e haveria uma dobradinha ao Senado: Colombo e Esperidião Amin.

Colombo e Amin, num dos cenários avaliados, fariam dobradinha ao Senado com Bauer ao Governo e o PSD ainda indicando o vice


POR OUTRO LADO O PMDB

PODERIA ATRAIR PPS, PR…

Em havendo decisão e/ou opção do PSD largar o PMDB no altar, os pelegos buscariam reforçar o fortalecimento para combater a junção ‘das direitas’. Trariam para a coligação partidos como PR (Jorginho Mello) e PPS (Carmen Zanotto). Nesse contexto, poderia abrir até espaço na majoritária para Carmen Zanotto numa disputa como vice, por exemplo.

A hipótese dos dois federais que aparecem na imagem integrarem uma chapa majoritária em 2018 junto com o PMDB não é fora de cogitação


BEM DEVEREDA

PARA SÃO PAULO?

Vai de Azul home do céu!

Agora com a volta dos voos aos domingos. Acesse o portal da Azul ou utilize os serviços de reservas de agências de turismo como a Lia Ramos. O preço está bem em conta para viagem programada com antecedência!

Compartilhar a matéria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here