Águia 04: Não faltou planejamento à PM

0
523

Todas as aeronaves da Polícia Militar de Santa Catarina estão no estaleiro. São dois aviões e três helicópteros, inclusive o Águia 04 que atende Lages e a Serra Catarinense. E uma nota oficial da Polícia Militar procura esclarecer o assunto.

OCORRE QUE…

O helicóptero Águia 04, por exemplo, está sem atividade em Lages porque falta uma peça chamada FCU – Fuel Control Unit. Chegamos a escrever, pelo que dá a entender a nota da PM, que faltou planejamento para prever a necessidade da peça. Mas corrigimos porque não faltou planejamento. Informação que chega é de que desde maio foi feita a solicitação.

Em momento algum a nota informa que as aeronaves foram ‘encostadas’ por falta de dinheiro. Porém, a informação é de que só se providenciou seguro e aquisição das peças depois que a imprensa, especialmente o jornalista Moacir Pereira (DC), colocou o assunto em evidência.


PROBLEMA É FALTA DE DINHEIRO

Essa mensagem abaixo, que a gente resguarda a fonte, relata que a PM não deixou de pensar com antecedência sobre a reposição da peça FCU:

“… Quanto ao FCU do Águia 04, a peça está sendo pedida desde maio de 2017 pela equipe de manutenção, justamente como se faz em 30 anos de operação para evitar que o equipamento parasse. Acontece que essa peça não chegou a tempo. Qual razão? Falta de dinheiro. É procedimento nosso pedir itens necessários para manutenção com uns 6 meses de antecedência. Porém estamos esbarrando na falta de repasse. Aliás, falta de repasse não, porque esse dinheiro para manutenção, combustível e peças foram depositados no começo do ano, porém em janeiro ou fevereiro, a Secretaria da Fazenda retirou mais de 50% do orçamento, para depois ficar depositando a conta gotas”.

Portanto não tem nota oficial que justifique. O pecado não é do pessoal da PM, mas lá embaixo, de quem cuida do cofre. Ou deveria cuidar para evitar essas falhas!

Compartilhar a matéria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here