Lages: CIB não decide sobre Unidade de AVC?

0
334

Lages ficou de olho na 214.ª Reunião Ordinária da Comissão de Intergestores Bipartite (CIB). É esse colegiado que decide questões que interessam à área de Saúde catarinense e há uma demanda lageana pendente de aprovação da CIB.

DO QUE SE TRATA?

Trata-se da estrutura de uma unidade para atendimento exclusivo de pessoas acometidas por AVC que aguarda aprovação para o Hospital Nossa Senhora dos Prazeres. Faz menos de 30 dias, a direção do hospital e o médico Marcelo Conrad estiveram com o prefeito Ceron. Pediram ajuda para que a CIB acelerasse a decisão sobre o credenciamento.

Ceron e João Alberto ouviram pedido do médico Marcelo Conrad (direita) para que houvesse apoio para acelerar a aprovação dependente da CIB

ISSO FOI DECIDIDO?

Na 214.ª Reunião Ordinária da Comissão de Intergestores Bipartite (CIB) realizada nesta quinta-feira, 21, não houve deliberação sobre o assunto de Lages. Constam encaminhamentos relacionados a hospitais de Luzerna, Itajaí, Timbó, Blumenau e Seara. Sobre a unidade de AVC em Lages, nada deliberado (pelo menos não consta informação da Secretaria de Estado da Saúde).

A Unidade de AVC permitirá atendimento, repercutindo na redução de mortes pelo problema. Atualmente são 45 casos em média por mês na cidade. Mas pelo jeito, ainda carece de maior atenção da classe política, considerando que a parte técnica (médicos e hospital) está encaminhada.

VALE LEMBRAR AS PALAVRAS

DO MÉDICO MARCELO CONRAD

“Muitos pacientes acometidos de AVC, chegam na emergência, acabam sendo atendidos tarde, em razão da concorrência com a demanda de outros casos graves, e sem poder falar, têm agravada a situação”.


ATUALIZANDO E COM MUITA PREOCUPAÇÃO

Na deliberação aprovada na mesma reunião da CIB que NÃO tratou da situação do AVC, também ficou recomendação de uma central única do SAMU em Florianópolis (uma excrescência tanto operacional quanto em dados técnicos).

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here