BR-282: Segunda morte em menos de 24h

1
6333

Final de semana foi mesmo trágico no trecho próximo a Lages da BR-282. Na madrugada de sábado, a 1h30min, uma tentativa de ultrapassagem na reta de subida de Índios, causou a morte de Antônio Carlos de Souza, conhecido como Totonho e que residia no bairro Tributo. Ele foi velado desde a metade da tarde de sábado e sepultado no domingo.

OUTRA MORTE

Exatamente 19 horas após o acidente em Índios, uma outra colisão resultou em vítima fatal. Foi no Km 168 da BR-282 em Bocaina do Sul – esse km fica 500 metros do redutor eletrônico (lombada) existente no trevo de acesso a Rio Rufino. A PRF atendeu a ocorrência e apurou circunstâncias, mas um veículo Santana com placas de Lages acabou colidindo contra um caminhões dos Correios (Sedex). O carro pequeno foi projetado na lateral, provavelmente batendo contra a vegetação.

O Santana ficou na beira da estrada e o motorista de 60 anos morreu. O condutor do caminhão dos Correios ficou bastante ferido e foi encaminhado a Lages. O caminhão dos Correios permaneceu no local durante a manhã de domingo.


MAIS DUAS MORTES NA BR-282

Antes daqueles dois acidentes fatais próximos a Lages (no sábado de madrugada e à noite), na sexta-feira, 22, outro acidente teve um desfecho trágico na rodovia que liga a Serra a Floripa. Mãe e filho de 14 morreram após o veículo Vectra que estavam se chocar contra um caminhão. Foi em Rancho Queimado na BR-282. As vítimas eram de São José.


Imagens das ocorrências atendidas pela PRF/SC

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. O problema nessa BR é a alta velocidade aliada à imprudência dos motoristas. Conheço bem o trecho de Floripa à Lages e à imprudência dos motoristas é assustadora

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here