Lages ensina (e aprende) no encontro do Sul

0
213

“Já somos conhecidos como os prefeitos dos precatórios. Mas se não fosse a nossa união e mobilização, 70 municípios catarinenses estariam hoje em situação bem pior”.

Aponta o prefeito Joares Ponticelli (Tubarão) ao se integrar ao grupo formado ainda por Antônio Ceron (Lages), Clésio Salvaro (Criciúma) e Mariano Mazzuco (Araranguá). De fato, foi a articulação de prefeitos como Ceron, Ponticelli e outros que está permitindo a liberação de depósitos judiciais para prefeituras pagarem precatórios. Mas no caso do trio, o foco é mais amplo.

ENCONTRO NO SUL DO ESTADO

Por causa da gerência da Caixa Econômica que tem um braço em Lages e faz gestão a partir de Criciúma, os quatro prefeitos levaram técnicos para discutir assuntos, projetos e prospecções em comum. Entendem que, a partir da orientação técnica da CEF, podem, conjuntamente, conseguir mais para seus municípios.

SALVARO E UM EXEMPLO

Prefeito de Criciúma aponta um modelo de Lages, implantado na época que Elizeu Mattos era prefeito (e gerou críticas e dúvidas), mas que se revelou uma boa solução:

“Em Lages a taxa do lixo é cobrada na fatura da água. Aqui em Criciúma a cobrança é pelo IPTU, o que nos gera uma inadimplência muito grande. Vamos adotar esse modelo, porque não é feio copiar as coisas boas. A única coisa permanente na vida é a mudança”.

Ceron, Ponticelli e Salvaro compartilhando problemas e soluções num improvável agrupamento de municípios: Lages, Araranguá, Tubarão e Criciúma


‘GESTÃO ESTÁ FICANDO IMPOSSÍVEL’

Prefeito Ceron deixa claro a dificuldade:

A gestão dos municípios está ficando impossível, e se você não tiver criatividade e ir em busca de soluções, vai ficar gerenciando folha de pagamento. A sociedade quer saúde, educação, saneamento, ruas e calçadas. Hoje nós estamos praticamente canalizando os investimentos da Prefeitura em questões carimbadas. Isso vai engessando e a gente fica sem recursos para ações positivas. Por isso vamos aprender com os erros e acertos dos outros municípios”.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here