O Sul é Meu País: Mais de 96% votam SIM

25
4728

Movimento que promoveu a consulta popular no sábado com 1.326 urnas espalhadas pelos três estados do Sul, divulgou dados sobre o resultado da votação. Foram 96,13% votando a favor de um país formado por Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul.

Esses foram os dados compartilhados no portal do movimento O Sul É Meu País e apontam que mais de 336 mil pessoas foram às urnas, sendo que apenas 13.038 daqueles que compareceram, disseram NÃO à proposta.

Em Lages houve um número significativo de participantes da Consulta Popular. A cidade foi apontada pelo coordenador do movimento, Celso Deucher, como a eventual futura capital da República do Sul

Foram nove locais de votação em Lages, com a presença de votantes em urnas como essa instalada na frente do Supermercado Jeremias, no bairro Guarujá

Além de votar, os participantes puderam deixar nome numa lista evidenciando crença no movimento

Não há informação sobre a participação somente em Lages, mas a votação daqui se somou aos dados gerais contabilizados e divulgados pelo movimento neste domingo


OBSERVE QUE…

Mesmo não tendo valoração para fins de separatismo, a consulta popular não oficial se constitui uma forma de dar um recado sobre a insatisfação reinante. Atente-se que mais de 300 mil pessoas foram às urnas. Isso evidencia que não é um sonho sonhado só. Já houve gente taxando os articuladores do movimento separatista como loucos – porque não há previsão legal na providência por ferir inclusive cláusula pétrea da Constituição Federal. Porém, a consulta popular deixou claro que não se trata de meia dúzia de loucos. Somos pelo menos 336 mil pensando no mesmo sentido. O bloguista votou. E votou pelo SIM!


As imagens da votação em Lages foram compartilhadas por um dos entusiastas da movimento em âmbito local, o advogado Jeferson Rodrigo de Oliveira.

COMPARTILHAR

25 COMENTÁRIOS

  1. Tá igual os números do Temer….que falta de assunto Edson. Dar voz por uma coisa tão sem fundamento. Sugiro que vão rezar…..!

  2. Na capital não vi urnas, quem sabe aqui o pessoal tem mais o que fazer da vida, o povo brasileiro se mira, ou age pelo sentimentalismo em inúmeras oportunidades e é claro que quando você coloca lages como a capital de algo, esse interesse, conhecido ou não, materializado ou não atrai curiosos e a maior parte sem uma noção do que estão votando, isso é uma vantagem. Apesar de tudo continuamos com nossa posição de embargos a essa ideia estapafúrdia e vou continuar chamando esta turma de loucos ou malucos e vejam que não estamos sozinhos no blog há mais simpáticos pela não separação do que a separação, particularmente não vi esta cédula para ver se foi uma consulta limpa, mas como não foi nada oficial, convido a todos para na próxima votação termos a cidade de Bagé como capital deste país, ou seja cada votação se muda a capital como um belo marketing ou Balneário Camboriú com suas belas mulheres não seria uma capital ideal. Até a próxima.

  3. Esta consulta popular financiada pela banda podre da Maçonaria, além de servir para fazer o Edson sair do armário e se assumir como separatista, se revelou um retumbante fracasso… O que é ótimo…

    Na primeira consulta, compareceram 616.917 votantes. Destes 590.664 eram militantes da “causa”. Nesta segunda 336.898 votaram e 323.860 exerceram o seu direito de fazer bobagem… Isso quer dizer que 267 mil sulistas recuperaram a razão e se curaram dos seus devaneios delirantes…

    Mas como os idiotas vão dominar o mundo, pois são muitos… Outras consultas virão… Tem gente que precisa delas para $obreviver… E outras para aparecer..

  4. Analisando os números, e se de 616.917 que votaram 590.664 apoiam esta causa acho muito difícil em um universo de 600 mil (ou 300 conforeme os números de agora) que todos sejam militantes da causa, analisando friamente é um número expressivo para que isso seja tachado de piada ou sem fundamento ou ainda como falta de assunto em um blog, fica evidente que os adeptos deste movimento tem crescido, e muito disso se motiva pela crise política/econômica que nosso país enfrenta, em parte também deve-se ao desenrolar dos eventos na Espanha/Catalunha, entendo que o resultado deste evento pode aumentar ou diminuir os movimentos separatistas ao redor do mundo, outro evento que deve ser analisado também é o desenrolar das eleições do ano que vem no Brasil, ao menos eu vejo esta eleição como uma divisão de águas em nosso país, já que inevitavelmente irá inflar e muito os ânimos em nosso país vide a guerra virtual hoje declarada entre defensores da esquerda e da direita, algo que 4 anos atrás não se via tão acirradamente, então eventos deste tipo podem fazer com que este tipo de movimentação se amplie ou diminua.

    Mas, na minha opinião, mesmo que os números reais da aceitação de uma possível separação sejam próximos a 80% de aceitação, entendo que uma separação seria praticamente impossível, talvez um estado independente até pudesse ocorrer com muito empenho, mas ainda assim não é uma cultura de nosso povo, pois é fácil votar sim em um referendo achando que somente isso resolve, quando sabemos que nem mesmo em nações com muito mais tradição histórica como no caso da Espanha, Escócia, Irlanda este tipo de separação dificilmente ocorre.

  5. Quem fala tanto contra o movimento separatista e opinar que a Região Sul quer ser superior, deveria se informar mais. Assim, saberia que tem movimento idêntico em São Paulo e na Amazônia. Ou São Paulo pode querer ser independente e os Estados do Sul não podem? A Região Sudeste e demais Estados não sabem nem o que fica onde. Sabem apenas o nome de quatro Estados Brasileiros: São Paulo, Rio de Janeiro, Sul e Norte. Queremos sempre ser apenas o Sul, enquanto há 3 Estados? Há quem chame a Região Sul de pobre, que não sobreviveria sozinha. Sendo supostamente pobre, não vai fazer falta ao país. Sobre não ter um número grande de votantes é porque não é feita campanha. Optou-se por um movimento pacifista. Eu sempre fui contra o movimento, mas, considerando os números, penso que pode ser uma boa ideia. Quando Brasília recebe dinheiro dos impostos do RS e não investe, em contrapartida, nem 30%, algo muito errado está acontecendo. Antes de chamar as pessoas do movimento de loucas e quem apoia como praticantes de bobagens, deveriam ler mais sobre o país, sobre seu Estado. O que os outros Estados acham do movimento? Ora, cada um cuide de sua vida! A grande maioria dos outros Estados está mais preocupada em continuar recebendo Bolsa Família e outras tantas bolsas, como também saber onde podem retirar seu kit para TV digital. Todos os plebiscitos informais são registrados na ONU e contam oficialmente para a reivindicação. Todo o processo é pacífico. Não se verá pessoas nas ruas fazendo campanha. Não é esse o objetivo. Portanto, respeito às opiniões! Quem é a favor, que permaneça firme no seu propósito. Quem é contra, tenha pelo menos dignidade de respeitar, sem vir com discursos moralistas.

  6. Jacinto não existem seres inferiores a nós sulistas na face da terra, a essência é a mesma em humanidade para todos, somos todos iguais, sulistas, nordestinos, nortistas, somente uma casta de descerebrados apontam isso, se formos fazer uma análise ainda mais desavergonhada somos inferiores aos nortistas ou nordestinos, parece que o desatino dos paulistas está fazendo escola.

    • Névio, eu penso que o grande mal da humanidade é deixar de entender o que nos une enquanto seres humanos para buscar aquilo que nos (pretensamente) separa.

      Esse sentimento de pertença a um determinado país, ou estado, ou cidade nos castra de ver o mundo e aprender com ele, de saber-nos cidadãos do planeta Terra.

      Eu penso que é muito imaturo esse movimento e muito desconhecedor do Brasil que existe e do mundo que existe. São pessoas que tem poucos argumentos… Um colega meu historiador se deu ao trabalho de escrever a eles pedindo que defendessem sua ideia com argumentos sólidos e consistentes, recebeu pouca resposta de valia…

      • Certo Rodrigo, partilho de seu entendimento, também menciono esse forte sentimentalismo dos separatistas e quase nenhum argumento fático, que dê guarida para uma futura separação e não escutam os mais especialistas os tachando de contrários a causa, em tese há premissas fortes para a não separação, quem sabe mais para o futuro em uma oportunidade melhor. Abraços e continue a participar dos debates.

  7. A maior prova de que esses movimentos separatistas são um exercício de inutilidade, um devaneio de grupelhos que perderam a noção do ridículo, uma prática estéril de intolerância e ódio são os números: No mundo hoje existem 248 Movimentos Separatistas absolutamente inúteis…

    São 42 no Continente Africano (25 países); 64 no continente asiático (18 países); 82 na Europa (20 Países); 42 nas Américas (11 Países), e, 17 na Oceania (17 Países)…

    São 248.. alguns ha seculos… como o da Catalunha… Absolutamente inútil.. só atende ao Ego insano de alguns, beneficia uma minoria de privilegiados, e arrasta uma imensidão de coitados, que nem sabem porque estão lutando (muitos arrastados por razões absolutamente torpes e doentias)…

    A Russia com 23 movimentos, é a campeã… Os EUA vem em segundo com 22… Itália na Europa é imbatível com 17… Índia com 16, Myanar com 11, França com 10.. e Espanha com 9… são os destaques… O Brasil empata com a Espanha… temos no Brasil 9 inúteis movimentos de transloucados que só acirram ânimos e consomem um precioso tempo dos outros que querem paz, com suas fantasias…

    São minorias tolas que acham que no separatismo está o caminho para um Éden, onde só encontrarão mel e leite, e uma casta de humanos superiores e justos… Tolos… Não aprendem… e ainda se sentem no direito de enfiar goela abaixo dos outros as suas ilusões…

    Olhem os Espanhóis ontem em Barcelona… e entendam que as minorias separatistas só dividem e desorganizam.. a maioria não quer isso… Olhem a Catalunha… séculos de tentativa… e não conseguiram mobilizar mais do que 42% de eleitores, sendo que 10% desses não foram favoráveis…. A última pesquisa feita pelo próprio Governo da Catalunha há poucos meses assinalou que 49% da população era contra a independência e 41% a favor…

    Por quantos séculos ainda essa minoria vai aporrinhar a maioria que quer viver em paz??? Por quantos anos este separatismo irracional vai continuar dividindo infantilmente as nações???

  8. Nevio, um de nós dois não deve ter entendido nada. O que eu quis dizer em meu comentário, em tom de piléria era exatamente isto. Este movimento esta pregando a desunião entre os brasileiros, está descumprindo uma cláusula da indissolubilidade dos Estados. Dizer que nordestino só vive de esmolas ou Bolsa Família, é desconhecer a realidade do Norte e Nordeste, onde existe desenvolvimento e empreendedores quanto no Sul. É desconhecer uma máxima do repartir entre irmãos. Sou sulista sim, aceito que alguém pregue a separação do Sul. Entretanto não posso aceitar como brasileiro, que o motivo desta separação seja de que nordestino é inferior ao sulista. Continuem a caminhada nesta direção, mas encontrem outro motivo para justificar esta insanidade contra a Constituição, não coloquem a pobreza e a riqueza como argumento. Bolsa Família também não é argumento pois temos no Sul imensidade de famílias dependendo dela. Não coloquem o nordestino como um povo não politizado, pois currais eleitorais e eleitores que vendem votos aqui também tem, inclusive idiotas que votam em idiotas.

  9. Para mim essa é uma questão muito mais cultural do que econômica ou de divisão de classes, se avaliar hoje no Brasil qualquer grande evento, qualquer programa, qualquer programação é voltada para os costumes do rio de janeiro, são paulo, Minas Gerais, dificilmente algo é voltado para a região sul, assim como qualquer melhoria como a TV digital antes é aplicada nas metrópoles acima do trópico, essa é a grande questão levantada, agora dessa questão para uma possivel separação é uma linha bastante complexa, se é por que ser menor seria fortalecer o país economicamente temos o exemplo do Uruguai e do Paraguai que apesar de pequenos não possuem uma economia de primeiro mundo, então a questão é bastante complexa, entendo que muito mais útil seria uma independencia dos estados, com maior autonomia ou até por regiões, ao invés de uma centralização em Brasilia, já que essa divisão por regiões hoje serve mais como parâmetro do que algo efetivo.

    • Também acho interessante, Jacinto. Algo que permitisse dar aos Estados mais autonomia financeira e realçar suas fortalezas, deixando a União com menos competências (questões como segurança nacional, por exemplo).

  10. Esta na hora de abandonar o norte, o sul trabalha para sustentar o restante do BRASIL, já basta, o SUL é rico e estamos escravizados, pois trabalhamos o ano inteiro enquanto o norte só pensa em carnaval, e todas aquelas festa que arromba os cofres público.

    • Fabrício, de onde você tirou isso? Qual a fonte desta informação?

      Você ao menos conhece algum estado fora da região sul para falar isso?

      Estou curioso para saber…

      • Sim conheço bastante, SÃO PAULO eu conheço muito bem, piracicaba, itatinga, Botucatu, São Paulo capital etc…. Rio de janeiro, mato grosso, mato grosso do sul, Espírito Santo etc….e as opiniões devem ser respeita, essa é minha decisão o sul é meu país.

  11. Edson, sempre tive você como um jornalista bem equilibrado e que reconhece quando erra, quando dá opiniões estranhas… por isso acompanho seu blog.

    Rapaz, eu fico aqui pensando: você já fez uma reflexão séria sobre esse movimento separatista? Já analisou prós e contras, conheceu outras realidades do Brasil, analisou os argumentos dos líderes dos movimentos pró-separação diante de nossa história política e nossa história como nação?

    Acredito que como jornalista sua missão é buscar fontes confiáveis de informação que possam embasar as pessoas a encontrar dados pró e contra separação.

    Segundo minhas pesquisas e observação da realidade, e observando o discurso dos líderes do movimento pró-separação, fico ainda com o Brasil e acho mais, acho que nem deveriam existir fronteiras que nos impeçam de ver o mundo como uma coisa só, de todos e indivisível.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here