Gole Zero: Ceron confirma convênio com PM

0
2855

“Não se fará nada que não seja para alcançar o coletivo, prevenindo e disciplinando”.

Garantia do prefeito Ceron ao confirmar que a Prefeitura de Lages irá assinar convênio com a Polícia Militar para que essa força de segurança fiscalize e, se necessário, aplique multas (previstas na lei) àqueles que, desrespeitando a norma, consumam bebida alcoólica em locais públicos. “Ideia é reduzir a baderna, é proteger a família, o cidadão. E não é nada contra ninguém, mas a favor do coletivo”, cita o prefeito.

CONVÊNIO DE R$ 10 MIL

A Polícia Militar deverá ter uma remuneração de R$ 10 mil mensais para agregar mais essa incumbência de fiscalizar e, se necessário, notificar quem ingerir bebida alcoólica. Mas o prefeito Ceron é otimista. “A legislação aprovada na Câmara disciplina e até prevê multa. Mas não chegará a tanto. As pessoas terão o bom senso em acatar a norma”. Ceron não soube informar como seria, eventualmente, aplicada a multa ao cidadão que ingerir bebida alcoólica. “Isso se avaliará interpretando a lei e os termos do convênio”.

 

PM FISCALIZARÁ

AMBULANTES EM LAGES

Além dessa previsão de convênio para fiscalizar o teor da lei que proíbe consumo bebida alcoólica em locais públicos (ruas, praças, avenidas), uma outra parceria com a Polícia Militar está sendo costurada para a fiscalização do comércio ambulante.

CÂMARA – Um projeto foi rejeitado na Câmara, mas a matéria retorna ao legislativo com emenda corrigindo aquilo questionado por vereadores. “Um ambulante colocar tapete na frente de uma ótica e ficar ali vendendo óculos é falta de bom senso. O poder público não deve e nem pode concordar com isso”, aponta o prefeito.

LEI EXISTE – Ceron aponta que a ideia é fazer a lei sobre o comércio ambulante ser aplicada. “Não é punir ninguém, mas fazer com que aquilo que está no papel ocorra, protegendo a coletividade”.

Ceron confirmou convênios com a PM para punir consumo de bebida alcoólica em local público e para que se atenda a lei sobre comércio ambulante

Compartilhar a matéria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here