Asfalto: Primeira imagem da obra na Coxilha

0
1267

Na abertura da Expolages, governador Colombo foi reverenciado por produtores rurais, pecuaristas e proprietários de áreas na Coxilha Rica por causa da obra de asfaltamento a partir da BR-116 em direção às localidades de Bodegão e São Jorge. Vencidos entraves de ordem burocrática e ambiental, a obra tomará forma. A empresa responsável (a mesma que fez o trecho Painel a São Joaquim), acena com a possibilidade de executar pelo menos uns 10 Km até abril (quando Colombo deixa o cargo de governador).

Esta é a primeira imagem da obra de asfaltamento em si, com a implantação do britador, de onde sairá o material para a rodovia. A imagem e informação é compartilhada por Miguel Laércio Delfes da Dellog Logística e Transportes, confirmando aquilo que o governador nos disse: o maquinário do britador virá de Minas Gerais com uma tecnologia bastante moderna que garantirá celeridade dos trabalhos.

 

OBRA DE R$ 82 MILHÕES

Todo o projeto de asfaltamento desse prolongamento da SC-390, adentrando à Coxilha Rica, prevê a construção de três pontes (sobre os rios Pelotinhas, Penteado e Sanga Tatetos) além da pavimentação de 42 quilômetros. O valor orçado é de R$ 82 milhões.

O asfalto iniciará nesse ponto, na entrada da localidade de Vigia, avançando 42 quilômetros em direção à Coxilha Rica até as localidades de Bodegão e São Jorge

 

PONTES EM EXECUÇÃO

A obra das pontes sobre os três rios na Coxilha Rica já está em andamento. A menos acelerada é sobre o rio Sanga Catetos com 30% do total executada. A nova ponte sobre o Rio Pelotinhas é a que está mais evoluída atendendo a ideia de se pavimentar essa etapa inicial meio rápido. Os recursos decorrem de um financiamento e já estão contingenciados para obra não podendo ser utilizado para outra destinação.

CRÍTICAS À OBRA?

Governador Colombo não potencializa uma crítica ou outra à obra da Coxilha Rica. “Se nos baseássemos em crítica, não faríamos nada”. Ele lembra que o então prefeito Áureo Vidal Ramos, conhecido como Nuta, implantou essa mesma estrada (Vigia ao Bodegão) foi alvo de críticas. “E foi muito importante para o desenvolvimento daquela região”. O governador não tem dúvida sobre a contribuição da obra para desenvolver a Coxilha. “Aquilo ali vai se tornar uma grande região produtora de grãos, visto que já há investimentos nesse sentido. E o asfalto facilitará o escoamento agrícola”.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here