Defesa Civil ganha mais estrutura em Lages

0
535

Parece roupa de super herói.

Nos meus tempos de piá, os bombeiros emborrachados mergulhando nos rios da paróquia eram chamados de homens rã. Mas no caso das vestimentas usadas pelo trio da Defesa Civil de Lages, liderado pelo Sargento Pacheco são roupas térmicas não apenas para mergulhar, mas para percorrer locais alagadiços quando alguma tormenta se armar e vier castigar as partes baixas de Lages.

Sargento Pacheco (centro) e seus colegas de Defesa Civil prontos para mergulhos profundos nas águas do mar da vida de Lages. Se a roupa fosse azul (e não vermelha) ficariam mais simpáticos (risos).

AQUISIÇÕES

Além das roupas para os aquaman, a defesa Civil de Lages adquiriu GPS e máquinas fotográficas. Equipamento que permitirá atuar em estudos preventivos e levantamentos pós-chuva para elaboração de relatórios diversos.

 

AÇÃO DE PREVENÇÃO

ÀS INUNDAÇÕES EM LAGES

Enquanto isso, a ação mais visível para reduzir inundações na cidade tem sido o desassoreamento do rio Carahá. O trabalho vem sendo realizado nesta semana nas imediações do Fórum da Comarca de Lages (o primeiro local que o Carahá transborda quando relampeia na Vacaria). Nas redes sociais ainda há esperneio criticando o trabalho que estaria pelando as margens do Rio Carahá, mas o objetivo maior é a retirada de sujeira e excesso de terra do fundo e leito do rio. Daí não haveria como fazer isso sem dar uma falqueijada no barranco. Mas tem quem aposte que a erosão evidenciará que não deveria ter ocorrido esse tipo de trabalho. A gente, naturalmente, torce que dê certo.

Os trechos já desassoreados recebem gramíneas e outras vegetações para recompor os barrancos e evitar erosão

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here