Ladrões quebram loja para levar bicicletas

1
382

Empresário já tem dificuldades corriqueiras para tocar seus empreendimentos com carga tributária, investimento em rede de proteção (câmeras de vídeo, alarme), depende dos altos e baixos da economia para atrair consumidores e, de repente, aparecem marginais que tratam o alheio da forma mais debochada possível. É triste assistir o vídeo onde os delinquentes quebram a porta de vidro da loja AB Bike & Fitness na Avenida Presidente Vargas tratando a propriedade alheia com vandalismo extremo.

O circuito interno de imagens confirmam o horário e a ação dos bandidos, no mais profundo desrespeito com o alheio, danificando e subtraindo produtos!

A imagem triste do respeito à propriedade estabelecida com vidro quebrado. As bicicletas levadas pelos bandidos não são para uso comum no dia a dia. São especiais para a prática de ciclismo em distância mais considerável. Assim, qualquer informação sobre a venda dessas bicicletas a preço fora da realidade do mercado, vamos acionar a Polícia Civil.

 

UNIFACVEST ALERTA:

FIQUE DE OLHO NO PRAZO

PARA REALIZAR O VESTIBULAR 2018

Os melhores cursos, segundo o Ranking Folha, no segundo melhor Centro Universitário privado do Brasil!

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. A questão é que isso não nasce em arvores, se o empresário sofre,as contradições sociais se mostram mais difíceis de se suportar, as desigualdades sociais em nosso mundo moderno nos mostram a realidade verdadeira, enquanto há bicicletas de 10.000 mil reais existem pessoas na periferia lageana que não possuem um pão para comerem, isso é ultrajante, claro que é, são facetas que não queremos ver, adoraríamos morar em um,a Lages graciosa,. harmoniosa, aonde só quem teria dinheiro vivesse, seria bom, não porque já estaríamos extintos há muito tempo, devemos atentar para as adversidades, as contradições e buscar uma vida razoável a todos, esse apego ao patrimonialismo trouxemos de Portugal, ou seja o patrimônio vale mais do que vidas humanas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here