Tereza Ramos pronto no mês de dezembro

2
1137

122 leitos (92 de internação e 30 de UTI), serviços de urgência e emergência, centro de diagnóstico por imagens, centro cirúrgico e heliponto para agilizar o transporte aéreo de pacientes.

CEM MILHÕES

Maior investimento individual na saúde pública de Santa Catarina, com recursos de R$ 100 milhões do Governo do Estado.

PRONTO

A construção do prédio está pronta, inclusive com os elevadores, janelas, vidros e as instalações elétricas, hidrossanitárias (água e esgoto) e gases medicinais.

HELIPONTO

Serão colocados os móveis e os equipamentos hospitalares. As passarelas metálicas que ligarão a nova estrutura ao atual prédio, passando por cima da Rua Jerônimo Coelho, foram licitadas. O heliponto está em fase de aprovação na Anac.

800 MIL PESSOAS

A ampliação beneficiará 800 mil pessoas de 67 municípios que encontram no HTR um centro de referência e excelência nos serviços de alta complexidade em cirurgia bariátrica, gestações de alto risco, infectologia, tratamento de queimados e oncologia.

Este visita ocorreu há 90 dias na estrutura que estava então (no mês de agosto) com 80% de sua obra executada. Previsão dada era de que em dezembro ficasse tudo pronto. Mês que vem, portanto!

EMERGÊNCIA

Com a conclusão e funcionamento da ampliação do Hospital Tereza Ramos a informação é de que o serviço de emergência hospitalar passasse para aquele local ampliado.

 

SABE QUE GARANTIA VOCÊ PODE

DAR PARA O FUTURO DE SEU FILHO?

ESTA AQUI: ENSINO DE QUALIDADE!

Visite o colégio mais completo de Lages!

COMPARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Em 19/10/2012 eu publiquei o artigo abaixo no blog Lages na Real… Em 2012 foi construído em Chapecó um Hospital maior do que o Tereza Ramos, a um custo de R$ 31 milhões… Já naquela época o Tereza Ramos foi orçado em R$ 59 milhões… Quase o dobro… Agora são citados R$ 100 milhões??? Quem explica isso??? (vejam o texto abaixo escrito em 2012)

    Quase sem querer encontrei no site da RBS a noticia de que em Blumenau… tao qual em Lages… será ampliado o Hospital Regional do Oeste (HRO)com o investimento de R$ 31 milhões, o número de leitos, que hoje é de 319, aumentará em quase 50% de sua capacidade, passando para 475 leitos…

    Atualmente, são 319 leitos para atender uma demanda crescente, o que, na avaliação do presidente Severino Teixeira da Silva Filho, está com a capacidade de atendimento esgotada. Por isso, o projeto prevê a ampliação para 475 leitos, além da construção de mais 26 leitos para a unidade de terapia intensiva (nove para UTI geral, dez UTI pediátrica e sete para UTI coronária) e mais 12 salas cirúrgicas.

    Dos novos leitos, 37 leitos receberão pacientes para tratamento intensivo, 56 para oncologia de longa duração, 36 para quimioterapia de curta duração e 27 para recuperação pós-cirúrgica, totalizando 156 unidades.

    Já na ampliação do Hospital Tereza Ramos serão oito pavimentos, divididos em 12,9 mil metros quadrados, ao lado da estrutura que já existe, em um terreno doado pelo município. As duas alas serão interligadas por passarelas construídas alguns metros acima da rua que os separa. O novo prédio terá setor de urgência e emergência, Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) com 30 leitos, centro de diagnóstico por imagem, centro cirúrgico com 10 salas e 18 leitos de recuperação, 92 leitos de internação, que se somarão aos 204 atuais, e heliporto.

    Vejam que hÁ muita semelhança nessas ampliações… contudo lá em Chapecó serão gastos R$ 28 milhões a menos…

    Dizem que lá a construção será através de parceria público-privada… já aqui…. tudo ficará a mercê da competência e da honestidade do Estado… talvez por isso esses R$ 28 milhões sejam necessários…

    CONTROLE SOCIAL NELLES…. ATENÇÃO TCE… MP… OAB… CNBBB.. ALGUÉM POR FAVOR VERIFIQUE ISSO….

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here