SC-370: Vaias e revolta em Urubici e no Rufino

1
581

Se líderes políticos e ocupantes de cargos foram à audiência pública que pede o asfaltamento da SC-370 (Rio Rufino a Urubici) pensando que iriam passar a conversa, discursando tranquilos, encontraram pela frente um clima tenso. Houve vaias à secretária Solange Pagani (ADR São Joaquim) e palavras não muito cordiais ao governador Colombo. Como se diz nestes pagos, a comunidade embretou os políticos, a secretária e o diretor de Infraestrutura, Edson Firmino.

Comunidade foi exigente (com razão) cobrando e questionando as lideranças que foram à audiência pensando que seria um evento mais tranquilo

DEPUTADOS ENCURRALADOS

Deputados que não são da região (Silvio Dreveck, Ricardo Guidi e Cleiton Salvaro) ficaram atônitos, pois foram convidados para uma audiência e não esperavam a pancadaria verbal. Colocaram-se à disposição e prometeram aprovar um futuro financiamento junto ao BID para a pavimentação dos 32 quilômetros.

DEPUTADO GABRIEL

FEZ CONTRAPONTO

O clima na audiência foi amenizado quando o deputado Gabriel Ribeiro falou em tom firme e pediu ao público que olhasse bem para os parlamentares que estavam presentes na audiência. “Estes são os que não os ignoram e assumiram o compromisso de estar ao lado dos moradores”. Depois rebateu discursos de que a região está esquecida. Citou emendas dele próprio que beneficiaram Urubici e Rio Rufino e desfiou um rosário de obras estaduais na região serrana, inclusive nesses dois municípios.

Deputados Salvaro e Guidi na mesa com Gabriel Ribeiro e os prefeitos Zilli (esquerda) de Urubici e Thiago Costa (ao lado dele) de Rio Rufino. Terminada a audiência pública, um bom número de moradores se dirigiu aos parlamentares para bater um papo.

SOBRE A SC-370

As comunidades entre Urubici e Rio Rufino pedem a pavimentação da SC-370 há 40 anos. Além de atrair turistas, a rodovia asfaltada iria melhorar o escoamento das safras de frutas, hortaliças, leite e transporte de animais. A audiência pública ocorreu na fronteira dos dois municípios na localidade de Consolação. O projeto da estrada já está pronto desde 2013. Falta financiamento, licitação e execução!

O auditório lotado da ideia da adesão da comunidade à necessidade da obra que interligaria Lages a Painel, Urupema, Rio Rufino, Urubici, Serra do Rio do Rastro, Grão Pará, Braço do Norte, Gravatal à BR-101

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. É claro que o lema destes deputados é voto antes e obras depois e com certeza mudaram a visão que tinham de uma região paciente e de um povo inocente que aceitava tudo, mas até o mais fã e Jó sabe que ninguém tem sangue de barata para esperar milênios por uma obra que até é barata perto de tantas outras que o Estado toca. Gabriel se notabiliza por essa alcunha de guri de recados do governo, só que isso engana pouco tempo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here