Hospital: garantida nova ala para fevereiro

3
311

Inicialmente a previsão divulgada era que em dezembro deste ano ficaria pronta e entraria em operação a nova ala do hospital Tereza Ramos. Mas em visita à estrutura em construção durante esta semana, o governador Colombo, a partir de diálogo com técnicos, apontou que em fevereiro do ano que vem as obras serão concluídas.

AS PALAVRAS DO GOVERNADOR

“As obras físicas estão bem adiantadas, e os equipamentos já estão chegando. É importante acelerar este processo para garantir que, em fevereiro do ano que vem, o hospital comece a prestar o serviço à sociedade, porque a estrutura atual está totalmente ocupada”.

Governador Colombo e o deputado Gabriel Ribeiro durante vistoria às obras em conversa com um dos responsáveis pela construção da nova ala

 

UMA DÚVIDA PERSISTE:

QUEM TOCARÁ NOVA ALA?

Quem irá tocar a nova ala do hospital Tereza Ramos? Se os serviços serão terceirizados carece de licitação para escolher a empresa responsável. Se os próprios servidores estaduais da área da saúde atuarão na operacionalização é indispensável concurso público para contratação. Sobre isso, ainda não há resposta, embora faltem 90 dias para se confirmar aquilo que o governador Colombo falou acima.

Secretário João Alberto repassa informações sobre a estrutura em construção. Mas a ADR ainda não informou de onde virão os profissionais para fazer a nova ala do Hospital Tereza Ramos funcionar visto que os 96 leitos carecem de técnicos, enfermeiros, médicos, administrativos e outros operadores.

COMPARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Se terceirizar apenas vai aumentar a concentração de renda. Ou seja, as pessoas em geral vão sair perdendo de duas maneiras: vão ser atendidos por pessoal que se conforma com um salário menor, por exemplo: um enfermeiro vai ganhar 1500 Reais, quando deveria ganhar 5000 Reais. Esta diferença vai para o empregador que talvez construa uma casa uma vez só na vida, porém se este dinheiro fosse para o funcionário público eles construiriam digamos mais 200 casas na cidade gerando emprego e renda. Depois temos a questão de que você estará sendo atendido por um profissional qualificado que ganha apenas 1500 Reais que deverá ter outros trabalhos para complementar a renda, não é de se esperar um trabalho tão bom quanto alguém que ganhe 5000. Ou seja esta alardeada terceirização apenas prejudica a população e no fundo não custa nada mais barato. Há que se pensar e refletir.

  2. Maurilio, bela constatação, o processo das terceirizações foram criados para executar isso uma precarização da mão de obra, financiar as tercerizadoras, acabar com o compromisso do Estado com a coisa pública e levar a bancarrota o serviço público, sem dúvida isso é um plano neoliberal e o povo anestesiado nem aí para esta situação. Hoje em um Bobs da vida conversei com uma funcionária sobre a nova lei trabalhista, ela me disse que eles trabalham tanto e ganham tão pouco que não há tempo para se ler nada, a tese de Marx sobre a alienação do trabalhador dita há quase 200 anos hoje é uma realidade, percebo na capital atendentes de lojas completamente desanimados no trabalho, imagina em Lages aonde o desemprego é maior.

  3. Maurilio, você tem razão nos seus argumentos. Mas pense: do funcionário concursado, é impossível descontar da folha de pagamentos um tantinho… de um contrato de terceirização fica fácil arrumar 10%, 20% ou 30% como “doação” para a campanha eleitoral que se aproxima. Fora mais um pouco via caixa 2. Esse (des) governo funciona assim. Informe-se sobre como são lavadas as roupas desta mesma unidade hospitalar. Onde são lavadas, por quem são lavadas (qual empresa terceirizada) e quanto custa ser lavadas. Lembrando-se que na reforma deste hospital, foi muito alardeada a construção da nova lavanderia e a aquisição dos equipamentos novos (caros). Mas falta “pessoal” para tocar a unidade.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here