Coruja tinha razão sobre gestão de Fundo

1
918

Foi à votação a alteração da lei que instituiu o Fundo Estadual de Apoio aos Hospitais Filantrópicos, formado a partir das sobras dos duodécimos dos poderes e órgãos públicos, e de doações de contribuintes estabelecidos em território catarinense. Além da inclusão dos hospitais municipais como beneficiários do fundo a lei também prevê a destinação de, no mínimo, 90% do montante para as cirurgias eletivas de baixa, média e alta complexidade e os restantes 10% ao Hemosc e ao Cepon.

E…

Com essa alteração encaminhada pelo governador Colombo, o Fundo deixa de ser administrado pela Secretaria Executiva de Supervisão de Recursos Desvinculados (Celso Calcagnotto) e passa a ser de responsabilidade da Secretaria de Saúde do Estado (Vicente Caropreso). Ano passado na criação do Fundo, as maiores divergências foram sobre qual órgão do governo deveria ficar responsável pela sua administração.

CORUJA NA ÉPOCA PREGOU

“Aqui em Santa Catarina o governo quer subverter a ordem e designar a Secretaria Executiva de Supervisão de Recursos Desvinculados para gerir os recursos do Fundo, o que é inaceitável. Essa responsabilidade não é para quem não reconhece e não entende o sistema de saúde. Essa responsabilidade deve ser da Secretaria Estadual de Saúde, que faz parte de um sistema. É a Secretaria de Saúde quem deve gerir os recursos desse Fundo, de modo que não sejam aplicados em convênios politiqueiros”.

Passado um ano Coruja apontou que os recursos do Fundo foram utilizados para pagar dívidas antigas e não aplicado nenhum recurso na realização de novas cirurgias eletivas. Coruja lembrou, no Plenário nesta terça-feira, 05, que muita gente aguarda por uma cirurgia eletiva e que os dados sobre a espera em SC não foram divulgados porque o Estado se recusou a fornecer as informações.

 

REGISTRO

Nesse estilo ativo e combativo o deputado Fernando Coruja esteve de aniversário na segunda-feira, 04. Completou 63 anos de vida e de peleia!

COMPARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Parabéns deputado, sempre digo a verdade pode demorar mas vai aparece; mas para isto é preciso ter alguém que faça o que o amigo está fazendo, denunciar todo tipo de ilícito. Continue firme, a sociedade haverá de reconhecer, emboras eu sei que o seu objetivo é a justiça acima de tudo, independente de ser reconhecido ou não. Mais uma vez parabéns.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here