O que tem nas ruínas do Colégio Aristiliano?

4
1375

Secretário de Assistência Social, Samuel Ramos, informando que as 485 peças de tábuas utilizadas para fazer o tapume que isolará o colégio Aristiliano Ramos do Calçadão e das ruas paralelas, serão utilizadas depois para construir 10 casas populares. As tábuas são de pinus.

O trabalho de cercar a estrutura está encaminhado. E após isso, começará a retirada de material a ser reaproveitado: portas, janelas, telhas, estrutura de metal, enfim, tudo que atende o critério do Programa Reuso. São materiais de demolição que atenderão as ações da área de habitação do município.

Esses cinco pés de palmeiras, da espécie jerivá, serão retirados da área frontal do prédio do antigo Colégio Aristiliano Ramos e replantados em frente ao ginásio Jones Minosso. A retirada tem autorização da Fatma. O projeto de revitalização da praça não contempla as árvores nessa disposição.

EM TEMPO

Comunicação do Paço corrige a informação repassada. A madeira dos tapumes não é tábua de pinus, mas de pinheiro brasileiro. E é essa madeira que irá para construir casas depois da demolição!

 

O QUE SERÁ ENCONTRADO NAS

RUÍNAS DO VELHO COLÉGIO?

Há certa curiosidade para alguma situação inusitada que envolva esse local de onde sairá o velho colégio. De repente ali tem uma mina de ouro que resolverão todos os problemas de Lages.

De repente tem um testamento dando ao município de Lages a posse de outras áreas no País. Quem sabe somos ‘donos’ do Estado de São Paulo e só descobriremos agora com a demolição desse marco na história da cidade?

Quem sabe? Quem sabe?

COMPARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Em primeiro lugar deveríamos fazer uma adequada homenagem ao colégio, pela quantidade de lageanos que passaram em suas salas e movimentaram seus corredores, em 1978 assisti uma palestra fitei uma imagem que sempre ficou marcada em minha mente, de uma janela do colégio a noite, a lua junto a torre da catedral criando uma moldura de extrema beleza, como em Lages não damos o devido valor a arte e ao nosso acervo arquitetônico, não sabemos nem quantificar o valor sentimental do colégio. Quem sabe se nas ruínas do colégio construído lá pelos anos 40, devemos ter as origens e os segredos da Maçonaria e do Opus Day, em que muitos lageanos fazem parte destas seitas satânicas.

    • hahaahah… “Seitas satânicas” hahaha…
      como você comentou que iria começar a fazer piadas em seus comentários [confesso que cheguei a pensar que todos seus comentários anteriores já eram piadas], pode se candidatar para um programa humorístico.

  2. Sim, mas Cassiano e você vai ser o meu parceiro nas piadas, tipo Tiririca e Gentilli, não ficaria o máximo, só que em Lages não teríamos muita matéria prima para as piadas.

  3. Seitas satânicas por motivos óbvios, qual entidade pede a intervenção do exercito, qual entidade pede a venda de estatais, qual entidade apoia a prisão de Lula para ele não ganhar as eleições e qual entidade entronada no judiciário cria toda esta balburdia atual.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here