Gaeco desarticula grupo que cometia ‘gatos’

0
1814

Cinco Gaecos, um deles o de Lages, participaram da operação Meia Conta. Trata-se de investigação que apurou atuação de uma quadrilha especializada em cometer gatos nas ligações de energia elétrica. A organização criminosa com sede em Chapecó e ramificação pelo Estado fraudava medidores de energia elétrica, reduzindo o gasto através de fraude.

MEDIDORES, CHEQUES E DINHEIRO

Foram cumpridos quatro mandados de prisão em Jaraguá do Sul, Chapecó, Blumenau e Indaial.

O Gaeco de Lages atuou no apoio à ação, sem informações sobre a existência de fraudes aqui na região com o referido modus operandi.

Ocorreram 17 buscas e apreensões e uma condução coercitiva. Em apenas um dos locais de busca, foram apreendidos 30 medidores de energia de origem ilícita, além de cheques e dinheiro que serão posteriormente contabilizados.

HÁ DOIS ANOS ‘NO MERCADO’

O Gaeco acompanhou durante três meses os passos do grupo criminoso. Nesse período foram identificados 35 estabelecimentos comerciais beneficiados pela fraude. A associação atuava há mais de 2 anos em SC. O número exato, assim como a dimensão do prejuízo causado, somente será passível de aferição após avaliação da Celesc.

Ação em Santa Catarina investiga grupo criminoso que fraudava ligações de energia, reduzindo o consumo para estabelecimentos comerciais

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here