Lages e C. Pinto: Muito dito, nada definido

0
568

– Esse voo vai para Campinas?

– Vai não, moço! Nós só temos ele. E se for para Campinas, ficamos sem!

O diálogo não dito acima se refere ao noticiário aéreo da paróquia. Há tanto desencontro de informações e embate a não realidade dos fatos que é até estranho.

O AEROPORTO DE CORREIA PINTO

ENTRA EM OPERAÇÃO NESTE ANO?

Não. Pelo menos para voos comerciais não existiria possibilidade do Congonhas de Sulfurosas começar a operar. Logo, uma linha Correia Pinto a São Paulo ainda em 2018 é quase fora de cogitação.

COLOMBO VAI TRANSFERIR O VOO

DA AZUL PARA CORREIA PINTO?

Não. Colombo é governador por mais três semanas e meia. Depois assume Pinho Moreira. Somente um fato impediria que Colombo renunciasse dia 6 de abril. Como esse ‘fato’ não deve ocorrer, ele deixa o cargo. E logo, se alguém fizer transferência do voo, não será o atual e ainda governador.

Aeroporto de Lages está bem estruturado, inclusive – mas não só por isso – para receber voos de aeronaves como do próprio governador Colombo em seus retornos para casa depois do serviço

HÁ TRATATIVAS PARA TRANSFERIR

ESSE VOO DA AZUL?

Nenhuma. Absolutamente nenhuma. Mas se tecnicamente for melhor para a empresa operar em Correia Pinto e não em Lages, nem o Papa impedirá a transferência. É uma questão operacional e não política. Isso lá na próxima década, quando já estiverem operando outros voos comerciais na Serra.

VOO DA AZUL EM CORREIA

PINTO É RUIM PARA LAGES?

Você que vai a Buenos Aires sabe a distância do Centro ao Ezeiza. O Carrasco ali em Montevidéu fica afastadinho do Mercado Del Pueblo. O aeroporto Internacional dos paulistas fica em que cidade? Assim, um aeroporto distante 15 km de Lages não é o fim do mundo. Considerando ainda que aquele daqui não será desativado. Podendo, inclusive, continuar operando a Azul aqui e a Latam, Gol, Avianca, American Airlines, Emirates e outras dos ares utilizarem Sulfurosas…

Registro do aeroporto lageano que recebe um voo comercial diário e movimentação de até 10 pousos diariamente

O QUE SIGNIFICA A ENTRADA

DA INFRAERO EM SULFUROSAS?

Pode significar celeridade em providências, mas também um empurrar com a barriga. Aquele aeroporto foi construído na época do Governo Lula, depois o Estado gastou mais uma fortuna. E não havia perspectiva de operacionalidade. A entrada da Infraero recebendo R$ 1,5 milhão por ano para gerir a estrutura e providenciar a demorada homologação é uma forma de dar uma resposta sobre providências para colocar a estrutura para funcionar. Mas não significa que a coisa vai decolar num devereda desses. Penso!

Essa imagem é de 26 de setembro de 2009. Foi um ato na Câmara de Vereadores de Correia Pinto para entregar à empresa Prumo a ordem de serviços para executar alguns trabalhos no Aeroporto de Sulfurosas, quando a sequência de providências coube ao Governo do Estado. Nessa época LHS era governador, Pavan vice, Colombo senador, Dário Berger e Godinho nem recordo o que eles eram…

 

Temos essa charge sobre o aeroporto de Sulfurosas retratando um dos sonhadores em ver a estrutura operando, no caso o então Comandante Ricardo Sell Wagner. Fico devendo a autoria da charge!

Compartilhar a matéria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here