Seguem mudanças na equipe de Colombo

0
385

Depois da troca de Caropreso por Acélio Casagrande na Secretaria de Estado da Saúde, antes de fechar janeiro o vice governador em exercício, Pinho Moreira, anunciou mais um movimento na dança das cadeiras na equipe do primeiro escalão do Estado. Uma mudança que por sinal faz justiça. Trata-se da saída da deputada Ada de Luca, assumindo em seu lugar na Secretaria de Justiça e Cidadania, Leandro Lima, que era adjunto.

PERFIL DO NOVO SECRETÁRIO

Na verdade quem falava pela Secretaria de Justiça era Leandro Lima. Ada de Luca permanecia mais recolhida em termos de posicionamento diante da sequência de banzés que se sucedeu no sistema carcerário catarinense. Lima é um especialista no sistema prisional.

Pinho Moreira anunciou durante inauguração de penitenciária feminina em Criciúma. Leandro Lima é agente penitenciário de carreira e já dirigiu o DEAP/SC

TCHAU QUERIDA

Secretária Ada de Luca que andou se incomodando ano passado por causa de questões relacionadas a sua campanha eleitoral de 2014, deixa a secretaria de Justiça para concorrer à reeleição.

A secretária Ada de Luca na inauguração da penitenciária feminina em Criciúma com o vice governador Pinho Moreira. Ela será substituída pelo adjunto Leandor Lima na Justiça e Cidadania

QUEM DESEMBARGA DO GOVERNO

PARA CONCORRER EM 2018

Raimundo Colombo – Senado

Luiz Fernando Vampiro – Estadual

Dr. Vicente Caropreso – Estadual

Cel Paulo Henrique – Estadual

Moacir Sopelsa – Estadual

Carlos Chiodini – Federal

Leonel Pavan – Estadual

Valmir Comin – Estadual

César Grubba – Federal

Ada de Luca – Estadual

 

DOIS VIRARAM TITULARES

A eleição de Gean Loureiro (PMDB) para a Prefeitura de Florianópolis em 2016 e a troca da Alesc pelo TCE/SC pelo deputado José Nei Ascari (PSD), tornaram titulares das vagas os suplentes Vampiro e Coruja. Assim, esses, independente de engenharias políticas, não deixam os cargos de deputado com o retorno dos titulares à Alesc.

Coruja se tornou titular com a saída de Zé Nei Ascari da vida política, optando este pelo TCE/SC

SAÍDA DOS SUPLENTES

Com o retorno dos titulares aos cargos, gradativamente até o prazo de 6 de abril, aqueles suplentes que estão deputado terão que deixar os respectivos cargos. Salum, Berlanda, Dalmo Claro e Manoel Motta ficam fora da Alesc. A exceção pode ser diante da possibilidade de um ou outro integrante da equipe optar por não concorrer em outubro. Daí seguiria no cargo e o suplente se manteria.

Mudanças na equipe de governo por causa das eleições, causa alteração na ocupação de cargos de deputados estaduais na Alesc

Compartilhar a matéria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here