Paço: Próximos 35 meses na mesma vibe

0
272

Quinta-feira, 01 de fevereiro, data marcada pelo retorno de Antônio Ceron ao comando da Prefeitura de Lages. Juliano Polese atuou por um mês a frente do Paço, numa gestão marcada pela discrição, sem tentar forçar situações para aparecer mais que o trabalho rotineiro. “Algumas missões que foram dadas conseguimos atender, como o lançamento do edital do Mercado Público que está publicado”, citou Polese. Agradeceu a confiança e concluiu dizendo que o desafio é “prosseguir nos próximos 35 meses nessa mesma vibe“. A gíria significa mesma sintonia, energia num ambiente positivo.

Polese que comandou o Paço em janeiro aqui com Arruda e Luiz Marin, na prosa com o deputado Gabriel Ribeiro

ACELERAR PROCESSOS

Prefeito Ceron ao retornar ao cargo apontou que está se acelerando processos que estão por acontecer. “E há muita coisa acontecendo de bom também que temos que destacar”. O prefeito pontuou a questão de críticas que a administração é alvo. “Se a gente considerar críticas de rede social, ouvindo rádio e lendo jornal então melhor ir para casa. Porém, temos que focar, trabalhar e fazer aquilo que nos propusemos”.

MENSAGEM À CÂMARA

Na segunda-feira, 05, num gesto de parceria e respeito, Ceron irá pessoalmente levar a mensagem do Executivo à Câmara. Tradicionalmente todo início de ano legislativo há essa mensagem, cujo conteúdo fica a critério do prefeito. Em alguns casos, apenas se envia um relato por escrito. “Mas vou pessoalmente quando apresentaremos um relatório de nossas ações em andamento até para ajudar nos argumentos no legislativo na tarefa que os vereadores têm da representatividade”.

Ceron com o Moro de Lages, o vereador David do PMDB, presente na transmissão de posse na manhã de quinta-feira, 01

‘AQUI NÃO É O IRAQUE DO SADAM’

Durante o ato de retorno ao cargo, Ceron falou sobre os desafios neste ano por causa do processo eleitoral. “Vamos pautar nossa atuação pelo respeito às pluralidades. Eu posso ter um candidato a governador e o Juliano (vice) outro. Aqui não é o Iraque do Sadam e nem a Venezuela do Maduro. Respeitamos as posições”, citou o Gringo. O prefeito apenas pediu que não se antecipe o debate eleitoral. “Isso é coisa lá para a frente”.

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here