Será que vai afundar o Fundam?

0
256

Que ninguém acuse o governador Colombo de não estar tentando. Mas a cada dia se vê mais longe a hipótese da reedição do programa que libera dinheiro para municípios a fundo perdido, através do Fundam. A primeira edição funcionou com êxito, com prefeituras realizando obras, adquirindo maquinários e outras ações. A segunda edição segue no purgatório. Governador Colombo esteve no Rio de Janeiro, sexta-feira, 09. Tenta destravar a liberação dos R$ 700 milhões que seriam pulverizados em todos os municípios do Estado.

ENCAMINHAMENTO

Jornalista Prisco Paraíso, escrevendo no Correio Lageano – edição de carnaval – informou que está cada vez mais longe a possibilidade de termos o Fundam II. Informou que Colombo conversou até com Michel Temer a respeito, mais de uma vez. Existem dois momentos para que tal recurso chegue ao Estado. Até esta sexta-feira, 16, quando Colombo deixa o cargo em caráter temporário ou até 7 de abril quando ocorre a renúncia formal do atual governador para disputar a eleição ao Senado.

REPERCUSSÃO NOS MUNICÍPIOS

Para se ter ideia do significado do Fundam II, o município de Lages, por exemplo, tem uma meta de pavimentar 70 ruas (principalmente aqueles por onde passam os ônibus do transporte coletivo). Parte de tais vias seria pavimentada através de recursos do Fundam II. Sem esse dinheiro, o prefeito Ceron terá que recorrer a outra fonte para garantir até 2020 a pavimentação das 70 ruas urbanas.

Na coletiva do balanço de final do ano, governador Colombo dava como certa a liberação dos recursos do Fundam II. Aliás, ele nunca deixou de acreditar que o dinheiro seria liberado. Ainda pode ser, mas está cada dia mais difícil!

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here