Polícia: Cerrito pede mais segurança à ADR

4
319

Porque não existe nada definido sobre o comando das ADR sobreviventes das tesouradas de Pinho Moreira, quem toca as estrutura mantém a rotina de trabalho. É o que faz João Alberto Duarte, da ADR de Lages. Ele esteve presente na sessão ordinária da Câmara de Vereadores de São José do Cerrito. Na ocasião explanou sobre os investimentos do Governo do Estado no município e na região e ouviu demandas.

João Alberto num relato aos vereadores do Cerrito sobre as ações no município e na Serra

DURANTE O ENCONTRO…

João Alberto respondeu questionamentos de vereadores, sob olhares atentos de empresários, produtores rurais e estudantes que lotaram o plenário. Após a explanação, o secretário conversou com moradores de localidades do interior e ouviu demandas, como a patrulha mecanizada. “Estamos na ADR Lages para sermos a ligação mais próxima do Governo do Estado com a comunidade”.

PLEITO COLETIVO

Durante o encontro, os vereadores solicitaram uma reunião com autoridades da segurança pública, que foi agendada para esta quarta-feira, dia 28 de fevereiro, com objetivo de discutir a segurança no município de mais de 9 mil habitantes.

Uma das principais reivindicações no Cerrito se refere às questões de segurança, onde se busca reforça no policiamento ostensivo e de investigação. Uma reunião foi programada para este último dia de fevereiro para tratar da questão

Compartilhar a matéria

4 COMENTÁRIOS

  1. Todos sabiam de antemão os efeitos do golpe traçado por Temer e mesmo com as indiferenças, os resultados aparecem , se na Capital, os terminais e praças já estão com multidões dormindo e passando fome, imagine em cidades pequenas com estruturas capengas, desemprego e sem renda. Não se resolve nada colocando exércitos ou polícia nas ruas, mas com as justificativas que sempre colocamos aqui, política públicas de inclusão social, dar dinheiro para agiotas e especuladores ou fazer do congresso um balcão de negócios só faz agravar esta situação de pré falência destes municípios e as ADRs não possuem eficácia nenhuma nessa história a não ser criarem discursos de uma possível ação, que nunca funcionará. Ou como diz o serrano, rezar para Deus.

  2. Teria tantas coisas pra falar, mas vir aqui nesse espaço e criticar Temer é o fim da picada, o atual Presidente era Vice de quem?
    Se hoje ele está lá fazendo as tais barbaridades do tal golpe, eu não ajudei a colocá-lo nesse posto, pois não votei no PT.
    O tal regime Socialista ficou no poder por 14 anos e o que fez?
    Resolveu o problema do tal MST?
    Acabou com o desemprego?
    Deveriam é ter vergonha de defender esses crápulas que afundaram a economia do Brasil, a violência hoje fugiu do controle pelo tal desarmamento das pessoas de bem, por criarem os tais “Diretos Humanos”.
    Os políticos hoje não tem nenhuma credibilidade, pois tudo que decidem é quase sempre em interesse próprio, os exemplos estão aí, corrupção em todas as siglas partidárias.
    Estamos no fundo do poço, o último a sair que apague a luz.

  3. Meu caro João você com esse teu discurso retrógrado e pífio com certeza ajudou também a afundar o Brasil, deve ter votado em políticos piores e agora se arrependeu, pare com essa conversa que Veja estampa toda a semana em suas capas, o Brasil precisa da social democracia para avançar mais no processo de consciência política, o PT não resolveu problemas de MST ou desemprego, porque a quebra de estruturas sociais é muito difícil ainda, Globo, mídia, Congresso, Judiciário, tudo isso conspirando contra políticas públicas de inclusão e é claro que isso é muito difícil acontecer, as forças de direita ainda são superiores e pregam a manutenção do status quo de quem acumula fortunas no poder e esse pessoal quando mexidos invocam exércitos e as piores ações na sociedade. E João com o teu entusiasmo qualquer dia você se encosta no barranco e fica lá, até alguém te tirar ou deixar lá.

  4. Ainda bem que não sou de esquerda, nem de direita ou do tal centrão, todos os políticos estão na vala comum, a cada dia surge mais um suspeito de desvio de dinheiro público, e por coincidência é do PT, e se quer saber eu não votei em nenhum desses políticos atuais, e não venha querer dar lição de moral que não posso reclamar, por não ter votado, simples assim, faço meu trabalho honesto e pago meus inúmeros impostos, quem exerce cargo público tem que pensar no povo, coisa que nenhum deles faz, só pensam nos próprios interesses e o povo que se exploda.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here