Caixa II: PSDB emite nota de apoio a Bauer

0
340

Uma tempestade se abateu sobre o mundo tucano com a notícia do ministro Edson Fachin (STF) ter autorizado investigação contra o senador Paulo Bauer, por suposta prática de Caixa II na eleição de 2014, quando ele disputou a eleição a Governo. Há quem não tenha interpretado ainda o sentido do termo tempestade, mas pelo fato de Bauer ser pré-candidato a governador de Santa Catarina, inclusive em pesquisa do ano passado bem posicionado, o episódio pode atrapalhar seus planos e do PSDB.

BAUER DIZ QUE NÃO RECEBEU

A DINHEIRAMA DO CAIXA II

A informação foi antecipada pelos veículos do Grupo NSC onde o próprio Paulo Bauer encaminhou nota sobre o assunto, cujo trecho aponta:

“Como sempre, defendo que a Justiça cumpra o seu papel e que os órgãos de investigação realizem com isenção e liberdade total o trabalho que a Constituição Federal lhes atribui. Surpreendido com a decisão do STF sobre investigação referente a um suposto envolvimento com a empresa Hypermarcas, venho prestar os seguintes esclarecimentos:

1. Em 2013, não era candidato e nem realizava ações para tornar-me candidato no ano seguinte;

2. Ao fim de 2014, não poderia ter recebido – e não recebi – qualquer valor, pois não fui vitorioso no pleito daquele ano

3. Todos os recursos utilizados naquela campanha foram rigorosamente contabilizados tendo sido as contas aprovadas pela Justiça Eleitoral”.

Tenho a vida pública conhecida, transparente e honrada nos últimos 37 anos. Por isso, quero manifestar total confiança no Judiciário e assegurar aos catarinenses que estou tranquilo sobre minha inocência”.

PSDB EMITIU NOTA

Suposto Caixa II de Paulo Bauer seria na ordem de R$ 11.500.000,00 e cuja investigação pode atrapalhar os planos do tucano disputar a eleição ao Governo de SC

Compartilhar a matéria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here