Lages: Preso suspeito de estuprar babás

0
681

Daqueles episódios que parecem ocorrência policial de grandes centros acabou tendo Lages como palco. O assunto foi pauta no programa Clube Repórter da Rádio Clube FM onde o relato apontava que um homem seria suspeito de estuprar candidatas ao cargo de babás. A partir da divulgação do episódio pelo apresentar Daniel Goulart, outras vítimas, inclusive, apareceram. O relato apontava que, através de um perfil falso no facebook o suspeito chegava até as vítimas.

MODUS OPERANDI

De acordo com a investigação da Polícia Civil, equipe comandada pelo delegado Frederico Cezar de Melo e Silva, inclusive com a coleta de vasto material de prova – fotos e textos no próprio aparelho celular do acusado – através da rede social, em perfil falso, o autor fazia contato e contratava mulheres para trabalhar como babá no interior de Lages. Ele se passava, em alguns casos, por mulher, para não amedrontar as vítimas, quando fazia os contatos na rede social. A remuneração prometida chamava a atenção.

CARONA E CRIME

Quando ganhava a confiança da vítima, marcava um encontro, onde a interessada no emprego seria levada de moto até o local do trabalho. No trajeto, o acusado simulava um problema na moto e, mediante ameaça, utilizando uma faca, praticava violência sexual contra a vítima. O rapaz foi reconhecido pelas vítimas, confirmando-se os perfis falsos.

Um dos perfis fake investigados pela Polícia Civil com a imagem do suspeito de estuprar pelo pelo menos três vítimas interessadas no anúncio da oferta de emprego de babá

O desenho na mão que algumas vítimas confirmaram como um dos sinais para identificar o suspeito

Esse registro é do colega Jatir Fernandes para o portal Notícia no Ato e mostra o acusado sendo recambiado para o presídio após os procedimentos iniciais na Delegacia de Proteção à Mulher. Daniel Goulart, com o celular na mão, fez a cobertura para a Clube FM, já que a emissora vem acompanhado o caso desde a denúncia inicial.

Compartilhar a matéria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here