Sulfurosas: Quase alcançamos os gaúchos

0
192

G1 – o portal de notícias globo.com – fez levantamento e reportagem sobre a duplicação da estrada estadual ERS-118 na região metropolitana de Porto Alegre. A reportagem se escandaliza com 20 anos de obras e gastos de R$ 113 milhões sem que a mesma estivesse pronta. Mas na Serra Catarinense, proporcionalmente, temos algo que quase alcança os gaúchos…

AEROPORTO DE CORREIA PINTO

Trata-se do aeroporto regional em construção no município de Correia Pinto. A pista foi construída no primeiro governo de Lula. São, portanto, mais de 15 anos em obras, considerando mais algum tempo da elaboração do projeto após a definição da área, desapropriação e outros entraves.

Da página do G1 a reportagem sobre a ligação entre Sapucaia do Sul e Gravataí com 22 quilômetros que se arrasta faz duas décadas. Alguma semelhança com a obra do Aeroporto Regional na Serra Catarinense?

A última providência em relação ao Sulfurosas foi a delegação para a Infraero. O órgão está cuidando de tratativas para homologar e deixar o aeroporto pronto. Mas é coisa que não se resolve em 2018

Compartilhar a matéria

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here