SC-114: Como está a obra até Otacílio Costa?

0
417

Vamos colocar um pouquinho de concreto na informação sobre a obra de revitalização da estrada entre Lages e Otacílio Costa. A obra, de fato, está paralisada. Não anda nada. Mas a razão não tem nada a ver com o aditivo solicitado para o chamado ‘equilíbrio financeiro do contrato’ que é previsto na legislação. Aliás, aditivo já autorizado. Ocorre que, embora com recurso de financiamento, houve um atraso no pagamento. É exatamente esse atraso, estranho à vontade do Estado, que causou a paralisação de todos os serviços.

O QUE ACONTECERÁ?

Está previsto para esta semana o pagamento desse valor atrasado. Com isso em dia o consórcio SBS/Dalba retoma os trabalhos. Isso independente da questão do aditivo. Governador Colombo trocou uma prosa rápida com o novo presidente do Deinfra, Paulo França, na sexta-feira, 16. Ficou do secretário João Alberto Duarte dialogar com França nesta quarta-feira, 21. Na pauta não apenas a obra de Otacílio, mas de outras três rodovias da Serra também.

COMO ESTÁ A OBRA DA SC-114

ENTRE LAGES E OTACÍLIO COSTA?

Pela minha medição – com uma diferença de uns metros para mais ou para menos -, faltam cerca de 2 quilômetros desde as imediações da futura nova área industrial de Otacílio Costa até a entrada da perimetral que dá acesso ao bairro Igaras e Klabin para receber concreto. Nesse aditivo está previsto ainda que se estenda o pavimento de concreto até a altura do Corpo de Bombeiros. Seriam mais 1.500 metros. Logo, a parte da pista de concreto só falta um tiquinho. Depois tem as obras complementares, inclusive as de arte e sinalização para deixar a pista tipo uma estrada da Alemanha.

Estava esquecendo… falta também esse trechinho desde a subidinha depois da Polícia Rodoviária Estadual até a saída de Palmeira em direção a Otacílio

Falta também umas ajeitadas em locais como o acesso ao mundo dos Cadeados, onde carece a colocação de concreto. Mas aforando isso, a pista de concreto ficou bem macanuda

COMPARTILHAR

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here